Entidades representativas e vereadores debatem o futuro de Porto Alegre

Cerca de 30 entidades da Capital se encontraram nesta segunda-feira (25) para falar sobre soluções para a cidade. Em pauta, o apoio ao conjunto de projetos enviados pela Prefeitura para a Câmara de Vereadores, que visam promover um maior equilíbrio das contas públicas da cidade

Cerca de 30 entidades da Capital se encontraram nesta segunda-feira (25) para falar sobre soluções para a cidade. Em pauta, o apoio ao conjunto de projetos enviados pela Prefeitura para a Câmara de Vereadores, que visam promover um maior equilíbrio das contas públicas da cidade. O pacote prevê redução de gastos, adequação à legislação e possibilidade de aumento de receita com justiça social e diminuição de alíquotas. Consenso entre as entidades e vereadores presentes foi a necessidade de unir esforços e iniciativas para que Porto Alegre possa voltar a ter crescimento, corrigindo um atraso histórico que causou dificuldades financeiras e sociais para cidade.

As entidades portoalegrenses entendem que as propostas encaminhadas são justas e necessárias. Durante décadas, elas se mantiverem distantes do debate político. No entanto, Porto Alegre chegou a uma situação tão crítica no qual se fez necessária uma posição clara e transparente. No encontro desta segunda-feira, Paulo Afonso Pereira, presidente da Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA) destacou a importância do momento: “O que nos une é a vontade de buscar soluções para o crescimento da Capital. Tenho certeza que vamos resolver ou criar pontes para resolver os problemas da cidade”.

Aquiles Dal Molin Júnior, presidente do Sinduscon-RS, reforçou que esse movimento pode provocar mudanças importantes de longo prazo na cidade: “A união das Entidades representativas pode transformar a nossa Capital na Porto Alegre que queremos”. O Presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre em 2018, Valter Nagelstein, pontuou que esse movimento é um norteador bastante positivo para que a sociedade civil organizada passe a atuar mais na política. “Na Câmara de Vereadores estamos analisando o conjunto dos projetos, dentro do que consideramos viável ou não dar prosseguimento. De qualquer forma, eu, como presidente da Câmara, só tenho a agradecer o envolvimento de vocês no processo político. Isso faz toda diferença”, pontuou.

O presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse, defendeu a necessidade da aprovação dos projetos para que a cidade gere emprego, desenvolvimento e pague os servidores municipais em dia. "A partir de hoje, estaremos atentos e dispostos a apoiarmos aqueles que realmente desejam transformar Porto Alegre. Andaremos lado a lado com aqueles que estiverem caminhando na direção certa, e não os abandonaremos nas encruzilhadas do caminho. As entidades aqui representadas têm lado, o lado de Porto Alegre, e convidam os vereadores a assumirem esse mesmo lado para estarmos juntos exercendo nossa parceria com coragem, determinação e espírito público”, disse.

Luis Roberto Andrade Ponte, presidente da Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul (Sergs), também pontou que é necessário olhar para o bem comum para voltarmos a crescer: “Estamos traçando novos paradigmas. É a sociedade civil organizada atuando, pedindo mudanças. Apenas se olharmos coletivamente encontraremos a nossa felicidade”. Fabrício Lunardi, vereador em exercício, sinalizou que é muito importante lutar para que a redução de impostos ocorra não somente com esses projetos, mas como uma prática.

Outro vereador presente no evento, Ricardo Gomes pontou que é essencial promover mudanças na cidade, reduzindo custos para poder praticar ações básicas do governo. “Temos nas nossas mesas o futuro de Porto Alegre. Agradeço vocês por essa união construída. Precisamos do apoio da sociedade civil organizada para curar a cidade”, explicou. Mauro Pinheiro, também vereador, destacou o papel apartidário do movimento: “Porto Alegre precisa de mudanças e, por isso, precisamos dar apoio para as medidas”.

Moisés Barbosa, por sua vez, pontuou a boa vontade dos vereadores presentes. “Quem está aqui está colocando os interesses da cidade acima dos próprios”. Afirmação compartilhada pela vereadora Comandante Nádia: “Eu tenho muito orgulho de vocês, empresários. Porque são vocês que contribuem para o desenvolvimento e para a segurança da cidade. Esse precisa ser o sim pela redução das despesas”.

Já Henry Chmelnitsky, presidente do Sindicato de Hospedagem e Alimentação de POA e Região (SINDHA), destacou a importância desse movimento: “É importante saudar essa atitude. O bem da cidade passa pelo todo. Existe um desequilíbrio de vários anos nas contas de Porto Alegre. É necessário que esse encontro ocorra várias e várias vezes daqui para frente”.

Entidades que realizam o encontro: ABRASEL, ACOMAC, ACPA, ADCE, ADVB/RS, AEHN, AGAS, AJORSUL, CDL, CONVENTION BUREAU, FARSUL, FCDL-RS, FETRANSUL, LIDE RS, SECOVI RS, SEPRORGS, SERGS, SETCERGS, SICEPOT-RS, SINPROFAR, SINCODIV – SINCODIV/FENABRAVE, SINCOPEÇAS, SINDHA, SINDIATACADISTAS RS, SINDIGÊNEROS RS, SINDILOJAS POA, SINDIATACADISTAS DE LOUÇA DE PORTO ALEGRE, SINDIATACADISTA DE MADEIRA DE PORTO ALEGRE, SINDIÓPTICA RS, SINDUSCON RS, SINFAC RS E SULPETRO.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais