Estudo analisa as principais reclamações de consumidores no Twitter

Telefonia, provedores de internet, alimentação e moda são setores mais criticados.

Provedores de internet e telefonia são os principais alvos de protestos no Twitter, aponta o “Estudo #Fail” realizado pela E.life, empresa de Inteligência de Mercado e gestão do relacionamento nas redes sociais.

O levantamento analisou mais de 370 mil tweets publicados nos últimos 12 meses. Destes, cerca de 12 mil faziam referências negativas a empresas de telecomunicações.

A maioria das reclamações sobre os provedores está relacionada à qualidade dos serviços. Falhas de sinal e extrema dificuldade para cancelamento de contas também receberam críticas. No período, o público masculino foi quem mais manifestou esse problema no Twitter.

Em segundo lugar na pesquisa, o setor alimentício teve mais de 4,7 mil menções negativas. As reclamações se concentraram no tempo de entrega em restaurantes “delivery”, nos rótulos de alimentos e em estabelecimentos onde faltam informações sobre pagamento.

Moda e vestuário (3,1 mil), jornais e revistas (2,3 mil), informática (2 mil), aparelhos de telefone (1,9 mil) e bancos (1,8 mil) foram outros segmentos que geraram protestos no microblog.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 02/03 A 08/03

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Sindilojas POA realiza mais um Feirão de Empregos

    Veja mais
    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais