Fecomércio-RS: Empresários do comércio gaúcho estão menos confiantes na economia

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio do Rio Grande do Sul (ICEC-RS) fechou o mês de janeiro de 2014 com queda de 0,3% (116,5 pontos) em relação ao mesmo mês de 2013. Apesar de ainda revelar…

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio do Rio Grande do Sul (ICEC-RS) fechou o mês de janeiro de 2014 com queda de 0,3% (116,5 pontos) em relação ao mesmo mês de 2013. Apesar de ainda revelar otimismo, o primeiro mês do ano foi marcado pela piora das percepções dos empresários em relação à situação atual (-1,8%), que apresentava recuperação nos últimos meses, e às expectativas para o futuro (-5,9%). Nesses dois casos, a deterioração da percepção em relação à economia brasileira é relevante para justificar o comportamento de queda. Puxado pelas perspectivas de contratações, o índice de investimentos apresentou elevação de 8,4% na mesma base de comparação.

O ICEC-RS é pesquisado pela CNC e será divulgado na íntegra na quinta-feira (6) pela Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do RS (Fecomércio-RS). “Conforme já destacado nos meses anteriores, a opinião dos empresários do comércio gaúcho vem sendo impactada negativamente por fatores como inflação, ciclo de alta da taxa de juros, crescimento abaixo das expectativas e depreciação cambial e das finanças públicas federais”, avalia Zildo De Marchi, presidente da Fecomércio-RS.

Ainda conforme De Marchi, no comportamento conjuntural, a percepção geral dos empresários segue marcada por uma disparidade entre as avaliações em relação à situação atual e expectativas para o futuro, característica presente em todo o histórico do indicador.

Os resultados de janeiro do indicador de condições atuais (ICAEC) atingiram 103,7 pontos, permanecendo estável em relação ao mês anterior e registrando recuo de 1,8% em comparação ao mesmo período do ano passado. A queda em 12 meses foi puxada pela percepção dos empresários quanto a economia do País (-3,7%). Em relação ao setor e á própria empresa, os decréscimos foram mais sutis: 0,6% e 1,3% respectivamente.

O indicador de expectativas quanto ao futuro (IEEC) registrou queda de 13,3% em relação ao mês anterior, atingindo 131,8 pontos em janeiro de 2014. Sobre o mesmo período de 2013, o recuo foi mais ameno, de 5,9%. Já o IIEC-RS, indicador referente aos investimentos dos empresários do comércio caiu 4,7% em janeiro na comparação com o mês anterior, atingindo 114,0 pontos. Em relação ao mesmo período do ano passado, houve uma elevação de 8,4%.

O ICEC é um indicador da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) que visa medir o nível de confiança dos empresários do setor de varejo. O indicador é medido em todas as capitais do Brasil, totalizando uma média de 6.000 empresas pesquisadas/mês. No caso específico, o resultado do Rio Grande do Sul reflete o comportamento da confiança dos empresários do comércio de Porto Alegre. A amostra mínima é composta de 328 estabelecimentos comerciais de varejo da Capital.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra no Centro da capital

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Sindilojas Porto Alegre realiza pesquisa com empresários da capital sobre o uso d...

    Veja mais
    Noticias

    Prefeitura de Poa dá descontos em juros e multas

    Veja mais
    Noticias

    Apoio do Governo Federal para pagamento de salários

    Veja mais