Festividade de posse Sistema Fecomércio-RS

Políticos, empresários e autoridades do Rio Grande do Sul e do Brasil estiveram na noite desta segunda-feira, dia 05, na solenidade de posse da nova diretoria da Fecomércio-RS (Federação do Comércio de…

Políticos, empresários e autoridades do Rio Grande do Sul e do Brasil estiveram na noite desta segunda-feira, dia 05, na solenidade de posse da nova diretoria da Fecomércio-RS (Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do RS). Cerca de 800 pessoas acompanharam, nas dependências do Grêmio Náutico União, em Porto Alegre, a aclamação de Zildo De Marchi como o novo presidente da entidade que congrega a Fecomércio-RS, o Sesc, Senac, Ccergs, Ifep e 112 sindicatos do setor terciário gaúcho.

A noite foi marcada por um discurso entusiasmado do novo dirigente que destacou, entre outros pontos, sua crença na empresa privada. “Sem dúvida, ser empresário é uma vocação. Mas não é uma vocação como tantas outras. Ela envolve um imenso valor social. Refiro-me ao talento de organizar os fatores de produção e colocá-los a funcionar para gerar riquezas. Gerar riquezas com valor livremente certificado pelo mercado! Esse talento é um dom. E sobre ele incidem responsabilidades”, avaliou.

O empresário ainda falou sobre a necessidade de a Federação batalhar por aquilo que seus filiados não possam fazer por si mesmos. “Espero que estes só façam aquilo que as empresas associadas não possam fazer por si mesmas. E que a CNC só faça aquilo que as Federações não possam fazer por si mesmas”, destacou. E não perdeu a oportunidade de cobrar atuação dos políticos. “Não sou do tipo que anda por aí a demandar regalias aos governos. Basta-me que os governos não atuem contra a atividade empresarial. Da mesma forma que muitos se servem dos recursos públicos como se coisa privatizável fossem, os governos, não raro, veem as empresas como fontes inesgotáveis de recursos estatizáveis”, argumentou.

Também discursaram durante a posse, a governadora do Estado, Yeda Crusius, o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, o ex-presidente da Fecomércio-RS, Moacyr Schukster, e o vice-presidente da CNC (Confederação Nacional do Comércio), Luiz Gil Siuffo. Siuffo parabenizou a federação gaúcha por sua unificação no Estado que, desde que reuniu cinco diferentes federações e uma única, no ano de 2000, conquistou mais força e prestígio. “Também o Sesc e o Senac gaúchos são exemplos para o país. Tenho certeza de que todos os gaúchos acompanham a evolução destas entidades e reconhecem seus trabalhos em prol do Rio Grande do Sul”, disse.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais