Fim do IPI na linha branca não reduz vendas

O fim do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) reduzido para venda de fogões, geladeiras, lavadoras e micro-ondas parece não ter assustado os consumidores. Um mês após o cancelamento do benefício…

O fim do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) reduzido para venda de fogões, geladeiras, lavadoras e micro-ondas parece não ter assustado os consumidores. Um mês após o cancelamento do benefício fiscal nos produtos da linha branca, varejistas ainda não sentiram a queda na saída dos produtos.

Na região, o índice de vendas segue igual ao registrado em janeiro, antes do fim da desoneração. Já o Grupo Pão de Açúcar (dono das marcas Extra, CompreBem, Ponto Frio e Sendas) aponta crescimento de 20% na procura pelos itens. Para não desacelerar a saída dos itens, grandes redes, como o Carrefour, têm apostado em manter os preços antes do fim da desoneração ou em promoções. Em nota, a empresa diz que “os clientes contam ainda com condições de pagamento diferenciadas nas compras, que podem ser parceladas em até 15 vezes sem juros para a linha branca”. Extra e Ponto Frio, duas das marcas do Grupo Pão de Açúcar, cresceram 20% nas vendas desses eletrodomésticos, quando comparados a fevereiro do ano passado, época em que o governo ainda não havia anunciado a redução do imposto. Procurados, Magazine Luiza, Casas Bahia e Walmart informaram ainda não ter dados consolidados sobre as vendas de fevereiro. A Eletros (Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos) e o IDV (Instituto para o Desenvolvimento do Varejo) não se pronunciaram sobre o assunto.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    Noticias

    Matrículas para selecionados no Capacita + POA tem o prazo prorrogado

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais