Finanças em dia

Os brasileiros permanecem pontuando as pesquisas que analisam como os consumidores veem as perspectivas econômicas. O otimismo dos consumidores nacionais voltou a sobressair em um estudo feito pelo Credit…

Os brasileiros permanecem pontuando as pesquisas que analisam como os consumidores veem as perspectivas econômicas. O otimismo dos consumidores nacionais voltou a sobressair em um estudo feito pelo Credit Suisse com 13 mil entrevistados de Brasil, Rússia, China, Índia, Egito, Indonésia e Arábia Saudita, que residem em países cujo PIB combinado supera US$ 10 trilhões. De acordo com a Pesquisa de Consumo em Mercados Emergentes, 63% dos entrevistados daqui disseram esperar uma melhora em suas finanças pessoais nos próximos seis meses.

Veja as conclusões:

– Crescimento da renda real no Brasil será positivo em todos os grupos de renda nos próximos 12 meses, variando de 5% para os grupos de renda mais baixa e mais de 12% para a faixa de renda mais alta.

– Brasileiros dão prioridade a gastos com saúde: 9,8% da renda é destinado ao setor, índice mais alto da pesquisa. O país é seguido pelo Egito, com 7,1%, e China, com 5,7%.

– Planos de consumo para os próximos meses: celulares, viagens, consórcio de veículos e empréstimos para aquisição de veículos. Consumidor tende a investir em ativos reais, como imóveis. A taxa de imóveis próprios é a segunda mais alta da pesquisa.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais