Floricultura Winge e sua relação com a Capital

A Floricultura Winge iniciou suas atividades no final do século 19, com a produção de mudas de parreiras e pessegueiros no bairro Vila Nova, na zona sul. Mas foi a partir de 1920, através da introdução de…

A Floricultura Winge iniciou suas atividades no final do século 19, com a produção de mudas de parreiras e pessegueiros no bairro Vila Nova, na zona sul. Mas foi a partir de 1920, através da introdução de espécies ornamentais e de arborização urbana, que o estabelecimento tornou-se pioneiro e grande fomentador do paisagismo urbano da cidade.

Para Walter Luis Winge, neto do fundador e hoje proprietário da floricultura, o crescimento da loja se deve à cultura do porto-alegrense e seu gosto por plantas, jardins e árvores de sombra, herança da colonização europeia. “O mercado gaúcho é muito receptivo ao setor de plantas ornamentais e árvores de sombra. Porto Alegre sempre deu importância às áreas verdes e de jardim. Isso nos tornou grandes incentivadores do paisagismo urbano da Capital, seja nas residências, nas vias públicas e praças. O nosso muito obrigado à cidade por nos acolher”, conclui.

O depoimento de Walter Winge faz parte da campanha lançada pelo Sindilojas Porto Alegre para comemorar os 243 anos da Capital. Lojista, quer participar? Envie um e-mail para imprensa@sindilojaspoa.com.br e conte por que a Capital é importante para você e a sua empresa. Participe!

Fonte: Sindilojas Porto Alegre

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais