IDV apura alta de 6,3% nas vendas do varejo em abril

As vendas reais do varejo cresceram 6,3% no mês de abril deste ano ante o mesmo mês do ano anterior, de acordo com o Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV). Em estudo realizado com varejistas…

As vendas reais do varejo cresceram 6,3% no mês de abril deste ano ante o mesmo mês do ano anterior, de acordo com o Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV). Em estudo realizado com varejistas associados, o instituto lembrou, porém, que a comparação é influenciada por um efeito calendário. Este ano, a Páscoa ocorreu em abril e não em março, como em 2013, e o evento tem peso sobre os resultados do varejo de bens não duráveis.

Para maio, a expectativa dos varejistas do IDV é de continuidade do ritmo de crescimento. O Índice Antecedente de Vendas (IAV-IDV) aponta para elevação de 6,9% nas vendas em maio na comparação com o mesmo mês do ano anterior. A expectativa ainda é de 8,4% de crescimento nas vendas em junho e de 4,1% para julho.

Em nota, o presidente do IDV, Flávio Rocha, afirma que, na média dos primeiros quatro meses de 2014, o desempenho do varejo como um todo supera 2013. O índice do IDV aponta crescimento médio de 5,4% entre janeiro e abril enquanto no ano passado esse ritmo era de 2,1%.

O varejo de não-duráveis, que responde em sua maior parte pelas vendas de super e hipermercados, food service e perfumaria, apresentou alta de 9,7% nas vendas em abril. A perspectiva é de crescimento de 1,6% no segmento em maio, 10,6% em junho e 4,5% em julho, sendo que a Copa do Mundo influencia os resultados de junho.

Já o setor de bens semiduráveis, que inclui vestuário, calçados, livrarias e artigos esportivos, teve desempenho moderado em abril, com alta de 4,2% nas vendas na comparação com abril de 2013. Para os próximos meses, a expectativa é de crescimento de 12,8% em maio, 9,5% em junho e 5%, em julho, sempre em comparação aos mesmos períodos do ano anterior.

O segmento de bens duráveis atingiu 3,1% de crescimento em abril de 2014 em relação ao mesmo mês do ano anterior. Para este e os próximos dois meses, as expectativas de aumento são de 9,6% de alta nas vendas em maio, 4,1% em junho e 2,9% em julho, na mesma comparação.

Os dados do IDV levam em consideração as vendas realizadas e as estimativas dos associados da entidade. São 56 empresas de grande porte como Grupo Pão de Açúcar, Lojas Americanas, Magazine Luiza e Walmart, entre outras.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais