IGP-DI fica abaixo do esperado e indica inflação de 0,07% em novembro

SÃO PAULO – O IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna) apontou deflação de 0,07% em novembro, após a variação negativa de 0,04% vista em outubro.
O resultado ficou abaixo das…

SÃO PAULO – O IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna) apontou deflação de 0,07% em novembro, após a variação negativa de 0,04% vista em outubro.
O resultado ficou abaixo das expectativas do mercado, que, segundo o último relatório Focus, apontavam variação de 0,21% no acumulado mensal.
O INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) impulsionou o resultado mensal, ao apresentar variação positiva de 0,29% em novembro, taxa 0,23 ponto percentual maior do que a mostrada no mês anterior.

Grupo Novembro/2009
(em %) Outubro/2009
(em %) Variação
(em pontos percentuais)
IPA -0,04 -0,08 +0,04
IPC +0,26 +0,01 +0,25
INCC +0,29 +0,06 +0,23
IGP-DI +0,07 -0,04 +0,11
Fonte: FGV

O IGP-DI foi divulgado na manhã desta terça-feira (8), pela FGV (Fundação Getulio Vargas).
O indicador é bastante utilizado pelo mercado e mede a evolução geral de preços na economia, criando assim uma medida nacional de inflação.
Metodologia
O índice é divulgado mensalmente pela Fundação Getúlio Vargas, e é composto pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC – peso de 30%), Índice de Preços no Atacado (IPA – peso de 60%) e Índice Nacional de Custo da Construção (INCC – peso de 10%).
O IGP-DI referente ao mês em que é apurado, é divulgado aproximadamente na segunda semana do mês seguinte. O período de coleta de preços para o índice é o mês cheio, ou seja, do primeiro ao último dia do mês em questão.

Veja também

    Noticias

    Sindilojas POA participa da aula inaugural de curso com foco em comércio

    Veja mais
    Noticias

    RedeSin: uma rede de vantagens para todos

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticiasVendas

    Café com Lojistas reúne grande público e debate vendas em momentos de crise

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Na comparação com o Dia dos Namorados de 2023, 17% dos lojistas dizem ter vendid...

    Veja mais