Inadimplência cai 16,47% em maio, informa TeleCheque

A inadimplência em operações feitas com cheques ficou em 2,84% em maio. O número foi 16,47% menor do que o registrado em abril, quando alcançou 3,40% do total movimentado, segundo dados da Pesquisa Nacional…

A inadimplência em operações feitas com cheques ficou em 2,84% em maio. O número foi 16,47% menor do que o registrado em abril, quando alcançou 3,40% do total movimentado, segundo dados da Pesquisa Nacional sobre Liquidação de Cheques feita mensalmente pela TeleCheque e divulgada nesta segunda-feira (17). Na comparação com maio do ano passado (3,41%), a queda foi de 16,72%.

De acordo com a pesquisa, a principal causa da inadimplência foi a falta de fundos, com 73,94% dos valores dos cheques não liquidados. Os demais motivos foram cheques sustados (9,86%), roubados ou furtados (4,93%), fraudados (1,41%) e outras razões (9,86%).

No mês, o valor médio nacional dos cheques devolvidos foi de R$ 386,25, ligeiramente mais alto (1,43%) do que em abril (R$ 380,81). Em relação a maio de 2012 (R$ 331,62), a alta foi de 16,47%.

O Nordeste permanece com o maior índice de inadimplência entre as regiões brasileiras: 4,01%. A Região Norte ficou em segundo lugar, com 3,62%; o Sudeste em terceiro, com 2,62%; o Centro-Oeste em quarto lugar, com 2,47%; e a Região Sul em último, com apenas 2,28% de inadimplência.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais