Inadimplência com cheques acelerou para 1,83% em fevereiro

SÃO PAULO – O volume de cheques devolvidos no País voltou a subir no segundo mês deste ano, segundo dados do Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundo, divulgado nesta segunda-feira (21). A…

SÃO PAULO – O volume de cheques devolvidos no País voltou a subir no segundo mês deste ano, segundo dados do Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundo, divulgado nesta segunda-feira (21). A inadimplência com cheques em geral acelerou para 1,83% em fevereiro, alta de 0,13 ponto percentual frente a janeiro. Neste mês, pelas contas da instituição, foram devolvidos 1,49 milhão de cheques. No mesmo período de 2010, no entanto, o percentual registrado foi de 1,85%. No segundo mês do ano passado, de acordo com a Serasa, foram devolvidos 1,60 milhão de cheques.

Preferências

Segundo os economistas da Serasa Experian, os cheques sem fundos voltaram a subir em fevereiro 2011, na comparação com janeiro, por conta do maior comprometimento de renda do consumidor com dívidas. Neste período, as compras parceladas no Natal, os gastos nas férias e as despesas típicas de início de ano (IPTU, IPVA e despesas escolares) pressionam o orçamento familiar e abrem espaço para os cheques sem fundos. Além disso, a política monetária voltada para o controle da inflação, via elevação dos juros, tem impactado as finanças daqueles consumidores mais endividados, que se financiam com dívidas mais caras, a exemplo do cheque especial e do rotativo do cartão de crédito, deixando menos recursos disponíveis para o pagamento de outros compromissos.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais