Inadimplência dos consumidores recua em fevereiro

A inadimplência dos consumidores teve queda de 3,1% em fevereiro ante janeiro, segundo o indicador da Serasa Experian. A diminuição foi decorrente, principalmente, do recuo de 4,6% na inadimplência nos…

A inadimplência dos consumidores teve queda de 3,1% em fevereiro ante janeiro, segundo o indicador da Serasa Experian. A diminuição foi decorrente, principalmente, do recuo de 4,6% na inadimplência nos cartões de crédito e financeiras.
No confronto com o mesmo mês no ano passado, houve redução de 2,2%, registrando o maior recuo, entre os meses de fevereiro, desde 2004. No primeiro bimestre, a inadimplência caiu 5,3% – a maior retração desde 2000. Vale lembrar, no entanto, os efeitos da crise econômica mundial no início de 2009, que distorcem a comparação.

Segundo os economistas da Serasa, o consumidor que ficou desempregado durante a crise e recuperou o emprego ficou mais cauteloso com os gastos. Além disso, o retorno do crédito e a renegociação de dívidas dão mais fôlego ao orçamento doméstico. As dívidas com bancos responderam pela maior parcela da inadimplência do consumidor no país no acumulado do ano (48,1%), seguida de cartões de crédito e financeiras (32,9%) e cheques sem fundos (16,9%). A perspectiva, de acordo com os economistas da Serasa, é que a inadimplência do consumidor continue em queda por, pelo menos, todo o primeiro semestre, devido ao cenário econômico favorável, à geração de empregos e à evolução da renda.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra no Centro da capital

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Sindilojas Porto Alegre realiza pesquisa com empresários da capital sobre o uso d...

    Veja mais
    Noticias

    Prefeitura de Poa dá descontos em juros e multas

    Veja mais
    Noticias

    Apoio do Governo Federal para pagamento de salários

    Veja mais