Índice de Vendas do Comércio (IVC) registra aumento no mês, mas varejo segue em queda

O comércio gaúcho fechou setembro de 2014 com um aumento real de 1,9% na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo o Índice de Vendas do Comércio (IVC), calculado por meio de convênio entre…

O comércio gaúcho fechou setembro de 2014 com um aumento real de 1,9% na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo o Índice de Vendas do Comércio (IVC), calculado por meio de convênio entre a Fecomércio-RS e Fundação de Economia e Estatística (FEE), a partir de dados fornecidos pela Secretaria da Fazenda (Sefaz). O índice é divulgado considerando as sete mesorregiões do Estado e 30 municípios. A pesquisa completa pode ser acessada aqui.

O resultado positivo foi provocado pelo comportamento das vendas do comércio atacadista (IVA), que apresentou, na mesma base de comparação, elevação de 4,0%. Já o comércio varejista (IVV) registrou leve recuo de 0,4%.

Fatores como confiança do consumidor em níveis baixos, a inflação persistentemente elevada e os juros atualmente praticados continuam a apresentar grande influência sobre o comportamento das vendas do comércio varejista gaúcho. Em setembro de 2014, o recuo ocorreu em cinco das nove atividades pesquisadas, com destaque negativo para o ramo de Veículos, Motocicletas, Partes, Peças e Acessórios (-4,3%) e Outros Artigos de Uso Pessoal e Domésticos (-8,3%).

No acumulado do ano, o setor de comércio (IVC) apresentou expansão real de 0,8%, fruto do crescimento de 2,6% do comércio atacadista (IVA). O comércio varejista (IVV) teve um desempenho negativo de 1,0% na mesma base de comparação.

Em 12 meses, o IVC cresceu 1,8%, também influenciado pelo comércio atacadista, com alta de 3,3%, e desempenho positivo de seis das oito atividades pesquisadas. Já o comércio varejista (IVV) registrou nova desaceleração em 12 meses influenciado por quedas consecutivas, registrando expansão de apenas 0,3% no período.

Em setembro de 2014, das sete mesorregiões analisadas, seis apresentaram aumento das vendas no comércio, com destaque para as regiões Centro Ocidental Rio-Grandense (5,6%) e Centro Oriental Rio-Grandense (5,7%). A mesorregião Metropolitana de Porto Alegre apresentou um crescimento de 3,1%. Apesar do bom resultado do atacado, o varejo permanece caindo nessa mesma base de comparação.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais