Inflação em Porto Alegre acumula 4,15% até novembro

De janeiro a novembro, a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal de Porto Alegre (IPC-S) acumula alta de 4,15%. A projeção do coordenador do escritório da Fundação Getúlio Vargas…

De janeiro a novembro, a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal de Porto Alegre (IPC-S) acumula alta de 4,15%. A projeção do coordenador do escritório da Fundação Getúlio Vargas (FGV), na Capital, Márcio Fernando Mendes da Silva, é de que a taxa feche em 2009 inferior aos 6,40% de 2008. Na apuração de novembro, quatro das sete classes de despesa que integram o índice registraram aceleração em suas taxas, entre as quais se destacam os grupos: Vestuário e Alimentação, cujas taxas caíram de -0,68% para -0,32%, e de -0,20% para 0,06%.

Segundo Silva, as pressões acima da variação média foram exercidas pelos grupos da Educação, Leitura e Recreação (0,40%), Transportes (0,34%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,22%) e Despesas Diversas (0,19%). Em compensação, as baixas ficaram com Habitação (-0,15%), Alimentação (-0,06%) e Vestuário (-0,32%). Alguns itens tiveram altas expressivas: batata inglesa, cebola e alho. A variação foi de 84,5%, 75,07% e 43,22%.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais