IPI e 13º alavancam vendas do comércio

No primeiro final de semana depois do pagamento da parcela do 13 salário, o movimento nas lojas da Capital foi intenso, com os consumidores pesquisando preços e produtos. E o que não faltam são itens…

No primeiro final de semana depois do pagamento da parcela do 13 salário, o movimento nas lojas da Capital foi intenso, com os consumidores pesquisando preços e produtos. E o que não faltam são itens diversificados e condições de pagamento facilitadas. Tem loja oferecendo o primeiro pagamento com 60 dias de prazo, além das tradicionais vendas parceladas em duas, três, até dez vezes, dependendo do produto.

A redução do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para itens de eletrodomésticos já foi incorporada por alguns estabelecimentos, o que significa redução no preço de produtos como tanquinhos, fogões, máquina de lavar, entre outros. Quem já comemora são os vendedores, por receberem as comissões sobre as vendas. Carlos Antunes, que trabalha em uma loja de eletrodomésticos no centro da Capital, é dos mais animados. “Depois que colocamos a faixa anunciando a redução do IPI, o movimento se intensificou”, disse.

Os lojistas agradecem, pois se prepararam para a data com meses de antecedência e apostam em negócios entre 8% e 10% superiores aos registrados em 2010. Pelos cálculos do presidente do Sindicato dos Lojistas da Capital (Sindilojas), Ronaldo Sielichow, a média de gastos dos consumidores deverá ficar por volta de R$ 300,00 e a preferência deverá ficar com itens de informática, vestuário e calçados.

Veja também

    PesquisaNoticias

    Vendas de eletrodomésticos típicos de frio estão em alta

    Veja mais
    Noticias

    Entidades empresariais cobram agilidade da União para a liberação de recursos a...

    Veja mais
    Noticias

    Transforme talento em marca de sucesso

    Veja mais
    Noticias

    Campanha de incentivo ao comércio local para reerguer Porto Alegre tem apoio do S...

    Veja mais