Juro do cheque especial cai pelo sexto mês, mostra Procon-SP

Os juros médios cobrados pelos bancos no cheque especial e no empréstimo pessoal caíram em junho, segundo pesquisa da Fundação Procon de São Paulo. Foi o sexto mês consecutivo de queda nas taxas. Foram…

Os juros médios cobrados pelos bancos no cheque especial e no empréstimo pessoal caíram em junho, segundo pesquisa da Fundação Procon de São Paulo. Foi o sexto mês consecutivo de queda nas taxas. Foram pesquisadas 10 instituições: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Nossa Caixa, Real, Safra, Santander e Unibanco. As informações são do site G1.

No cheque especial, a taxa média cobrada pelos bancos passou de 8,89% em maio para 8,87% em junho. A queda de 0,02 ponto percentual, no entanto, foi menor que a dos meses anteriores. De abril para maio, por exemplo, a queda havia sido de 0,14 ponto. No empréstimo pessoal, a taxa média dos bancos pesquisados ficou em 5,52%, inferior aos 5,57% cobrados no mês anterior.

Dos 10 bancos pesquisados, quatro reduziram suas taxas no empréstimo pessoal, e três no cheque especial. Na passagem de abril para maio, praticamente todos os bancos haviam promovido reduções em suas taxas.

Em nota, o Procon ressalta que a pesquisa foi feita antes do corte da taxa básica de juros pelo Banco Central, na última quarta-feira, quando a Selic foi reduzida para 9,25%.

Veja também

    Noticias

    Sindilojas Porto Alegre recebe prêmio da Confederação Nacional do Comércio (CNC)

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Funcionamento do comércio no feriado de Tiradentes: saiba como será

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas Porto Alegre tem reunião com o prefeito Sebastião Melo

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas POA acompanha lançamento de agenda legislativa na Fecomércio RS

    Veja mais