Juro para pessoa física é o menor desde 1995

A taxa média de juros no crédito a pessoa física registrou em outubro a quarta queda mensal consecutiva e atingiu o menor nível desde janeiro de 1995. O levantamento realizado todos os meses pela…

A taxa média de juros no crédito a pessoa física registrou em outubro a quarta queda mensal consecutiva e atingiu o menor nível desde janeiro de 1995. O levantamento realizado todos os meses pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) aponta baixa de 0,05% ante setembro nas taxas de operações de crédito, de 6,74% para 6,69% ao mês – o menor nível da série histórica da pesquisa, iniciada há 15 anos.

A taxa corresponde a juro de 117,51% ao ano, uma queda de 1,23 ponto porcentual em relação a setembro (118,74% ao ano). A queda da taxa foi puxada por cinco dos seis tipos de linhas de crédito que compõem o cálculo da taxa média para pessoa física: juros do comércio, cheque especial, crédito direto ao consumidor, empréstimo pessoal de bancos e empréstimo pessoal de financeiras.

Das modalidades de crédito pesquisadas pela Anefac, apenas a taxa do cartão de crédito não teve alteração, permanecendo pelo nono mês consecutivo no patamar de 10,69% ao mês. No período de janeiro a outubro, a taxa de juros média para pessoa física teve redução de 1,23 ponto porcentual, passando de 118,74% para 117,51% ao ano.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais