Lojistas festejam vendas de artigos infantis

A grande circulação de consumidores neste feriadão gerou um ótimo volume de vendas para o comércio de Porto Alegre devido ao Dia da Criança. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre…

A grande circulação de consumidores neste feriadão gerou um ótimo volume de vendas para o comércio de Porto Alegre devido ao Dia da Criança. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL Porto Alegre), Vilson Noer, lembra que a estimativa é que houvesse um crescimento de 5% nas vendas deste ano em relação ao mesmo período de 2009, mas a tendência é de que esse patamar seja superado.

Na tarde de ontem, a CDL Porto Alegre ainda não tinha os números finais, porém a perspectiva é de que fosse alcançada a movimentação de cerca de R$ 20 milhões. Noer destaca que a maioria das pessoas que não viajou no final de semana decidiu fazer as compras na última hora. O dirigente informa que o público optou por adquirir os presentes tanto em lojas de ruas, como em shopping centers.

O presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre (Sindilojas), Ronaldo Sielichow, concorda com Noer que as vendas foram melhores do que o esperado e calcula um incremento de 6% em comparação ao mesmo período do ano passado. Ele comenta que um dos produtos mais procurados pelos consumidores foram os brinquedos educativos.

Noer acrescenta que, além dos itens tradicionais como brinquedos, o segmento de confecções vem crescendo na preferência do consumidor. De acordo com a pesquisa “Hábitos de Consumo para o Dia da Criança”, realizada pela Rohde & Carvalho para a CDL Porto Alegre, disputariam a preferência dos consumidores bonecos/bonecas – apontado por 74% da mostra de 400 pessoas como o melhor presente – carrinhos e jogos. As roupas também seriam uma boa pedida para a data. O levantamento indicou que, além dos filhos, os entrevistados presenteariam afilhados (19,5%) e sobrinhos (15,8%). Segundo Noer, o gasto médio por presente ficou entre R$ 100,00 e R$ 110,00. “O bom desempenho no Dia da Criança, é um excelente indício para as vendas de Natal”, aponta o presidente da CDL Porto Alegre. O dirigente revela que a expectativa é que, com a festa do final de 2010, a comercialização de presentes verifique um aumento de 8% a 10% em relação ao desempenho do ano passado. Sielichow apoia a previsão de um bom Natal para os lojistas e destaca que em breve o segmento deverá começar a realizar ações para atrair os clientes.

Já o presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, informa que as vendas dos supermercados gaúchos para o Dia da Criança cresceram 8,5% até ontem na comparação com o ano passado. Conforme o dirigente, os brinquedos importados lideraram as vendas do setor para a data, que deverá responder por cerca de 1,5% do faturamento do segmento no mês de outubro. Longo afirma que os supermercados cresceram na preferência de compra devido à conveniência e proximidade de casa. “Além dos brinquedos e jogos infantis, itens como celulares, CDs/DVDs e eletrônicos puxaram as vendas”, explica. O presidente da Agas salienta ainda que o Dia da Criança alavanca a venda de produtos básicos como bebidas, bombons, biscoitos, salgadinhos e iogurtes. A entidade calcula que, até o final do dia de ontem, pelo menos 30% dos presentes adquiridos pelos gaúchos tenham sido comprados em supermercados.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais