Microempresários ganham mais que assalariados

25% dos assalariados recebem dois salários mínimos ou mais. Entre os trabalhadores por conta própria e os microempresários, 55% lucram acima de dois salários mínimos todos os meses. Apesar da rentabilidade…

25% dos assalariados recebem dois salários mínimos ou mais. Entre os trabalhadores por conta própria e os microempresários, 55% lucram acima de dois salários mínimos todos os meses. Apesar da rentabilidade maior, abrir uma empresa não está entre as principais opções dos brasileiros desempregados. Ainda há um receio em relação ao processo, de acordo com a pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. A concorrência acirrada é o maior entrave para o crescimento das micro e pequenas empresas, segundo os próprios empresários. Mas quem opta por abrir o próprio negócio tem que estar preparado para se dedicar em tempo integral. A pesquisa mostra que 15% dos empregadores e trabalhadores por conta própria apontam a falta de uma jornada de trabalho como um dos problemas de não ser assalariado. Em seguida, citam o fato de nunca conseguirem tirar férias para descansar (15%). Os empresários reclamam ainda de trabalharem muito e ganharem pouco (10%) e de terem renda instável (7%).

Veja também

    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Feira Brasileira do Varejo (FBV) é lançada oficialmente em Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 19/02 A 23/02

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Tendências mundiais que impactam o varejo local

    Veja mais