Movimento no comércio varejista cresce 8,5% no primeiro trimestre

Resultado revela desaceleração no ritmo de crescimento do varejo

O movimento dos consumidores nas lojas em todo o país cresceu 8,5% no primeiro trimestre de 2011 quando comparado com o mesmo período do ano passado, apontam dados da empresa de análise de crédito Serasa Experian. De acordo com o indicador Serasa Experian de atividade do comércio, o resultado revela que já ocorre desaceleração no ritmo do crescimento do varejo brasileiro no início de ano, já que, durante o ano de 2010, a atividade varejista expandiu-se 10,3%. Na comparação com o mesmo período do ano passado, em março houve crescimento de 5,5% do varejo nacional, a menor taxa anual de crescimento desde julho de 2009. A atividade do comércio recuou 0,8% em março de 2011 perante fevereiro de 2011. O destaque do varejo neste primeiro trimestre foi o segmento de material de construção, exibindo crescimento de 14,1% frente ao mesmo período de 2010. Em seguida, o setor de móveis, eletroeletrônicos e informática, com expansão de 8,9%, também registrou desempenho favorável no acumulado dos três primeiros meses de 2011. Entre os destaques negativos estão os segmentos de veículos, motos e peças, com recuo de 1,6%, e tecidos, vestuário, calçados e acessórios, com queda de 1% no trimestre. Segundo os economistas da Serasa Experian, o crescimento menos acelerado do varejo no primeiro trimestre é um sinal de que medidas macroprudenciais de restrição ao crédito e a trajetória de aumento da taxa básica de juros (taxa Selic) já começaram a conter a expansão do consumo, especialmente dos itens em que o crédito tem participação preponderante. Para a empresa, essa deve ser a tendência da atividade varejista ao longo dos próximos meses.

Veja também

    Cursos e eventosNoticias

    Sindilojas POA realiza mais um Feirão de Empregos

    Veja mais
    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais