Novas regras demandam de call centers investimentos de R$ 260 milhões

Para implementar as mudanças que devem ser feitas com as novas regras de atendimento telefônico, os SACs da telefonia móvel deverão receber cerca de R$ 260 milhões em investimentos, segundo informa a Acel…

Para implementar as mudanças que devem ser feitas com as novas regras de atendimento telefônico, os SACs da telefonia móvel deverão receber cerca de R$ 260 milhões em investimentos, segundo informa a Acel (Associação Nacional das Operadoras Celulares).

Os recursos devem ser utilizados na ampliação e adequação das redes, sistemas e infra-estrutura, além da contratação e capacitação de pessoal e revisão dos processos de atendimento.

Mais de 4 milhões de ligações
O serviço de atendimento telefônico das operadoras associadas à Acel possui mais de 42,5 mil atendentes, que recebem 4,5 milhões de ligações diárias de consumidores. Um levantamento preliminar da associação indica que serão necessários mais 26 mil atendentes para a execução das novas regras.

A regulamentação para os SACs é o terceiro conjunto de extensas alterações regulatórias determinadas ao Serviço Móvel Pessoal nos últimos 12 meses. Nesse período também entrou em vigor a Portabilidade.

Cada uma das mudanças demanda um período de adaptação, não só para que seja adequadamente assimilada pelas operadoras e seus funcionários, mas também para que seja incorporada pelos usuários dos serviços.

Veja também

    PesquisaNoticias

    Sindilojas Porto Alegre realiza pesquisa com empresários da capital sobre o uso d...

    Veja mais
    Noticias

    Prefeitura de Poa dá descontos em juros e multas

    Veja mais
    Noticias

    Apoio do Governo Federal para pagamento de salários

    Veja mais
    Sindilojas na MídiaNoticias

    Artigo: O varejo gaúcho, e agora?

    Veja mais