Número de celulares bate em 200 milhões

Brasília – O Brasil deve encerrar o ano com mais de 200 milhões de celulares, segundo dados divulgados ontem pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Conforme o levantamento, nas regiões Sul,…

Brasília – O Brasil deve encerrar o ano com mais de 200 milhões de celulares, segundo dados divulgados ontem pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Conforme o levantamento, nas regiões Sul, Centro-Oeste e Sudeste já há mais de um celular por habitante.

Até novembro, o mercado brasileiro contabilizava 197,53 milhões de linhas ativas. Como dezembro é o melhor mês de vendas para as operadoras, por causa do Natal, essa marca deve ser facilmente ultrapassada, segundo a Anatel. Só em novembro foram registradas 3,09 milhões de novas habilitações.

No ranking por tipo de plano de serviço, os celulares pré-pagos lideram. Dos 197,5 milhões de aparelhos, 162,4 milhões operam dentro do sistema pré-pago, ou 82,21% do total. Os pós-pagos somam 35,1 milhões de celulares, 17,79% do total. A Vivo mantém a liderança base total de assinantes do Serviço Móvel Pessoal (SMP), com 29,8%. A Claro aparece na vice-liderança (25,55%), seguida da TIM (24,91%) e da Oi (19,38%). A CTBC detém 0,32% do mercado, a Sercomtel 0,04% e a Unicel, 0,01%.

Considerando o estoque de celulares ao final de novembro, o Brasil tem 101,96 celulares para cada cem habitantes. No Sul, a Anatel contabiliza 29.485.707 telefones móveis (105,28 celulares por cem habitantes). Individualmente, a região de registro com a maior densidade de celulares é a área “71”, de Salvador, na Bahia, onde há 150,57 celulares por cem habitantes.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    Noticias

    Matrículas para selecionados no Capacita + POA tem o prazo prorrogado

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais