Número do CPF será virtual

Sabe o cartão de CPF? Agora, é virtual. Quem se inscreve no sistema da Receita Federal recebe apenas um número de inscrição, que poderá ser conferido pela internet. A nova modalidade já está funcionando…

Sabe o cartão de CPF? Agora, é virtual. Quem se inscreve no sistema da Receita Federal recebe apenas um número de inscrição, que poderá ser conferido pela internet. A nova modalidade já está funcionando nos Correios e na Caixa Econômica Federal. Para quem já está inscrito e já tem o cartão, nada muda. No novo sistema, a pessoa que se inscreve no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) recebe um número de inscrição imediatamente. Com o número em mãos, pode usá-lo assim que necessitar.

Confira abaixo o que muda.

Perguntas e respostas

Como funcionará a emissão de CPF?

– Quem não tem CPF deve solicitar o número de inscrição nos Correios, na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil. O custo máximo é de R$ 5,70.

– Nos Correios e na Caixa, já funciona o novo sistema: a pessoa apresenta os documentos necessários e sai com um papel em mãos indicando o número de CPF.

– O Banco do Brasil deverá adotar o modelo em seguida. Por enquanto, o contribuinte precisa aguardar em casa a chegada do cartão com o seu número.

Quem é afetado?

– Apenas quem ainda não têm CPF. Para quem já tem, nada muda.

Meu número continua valendo?

– Sim.

E o meu cartão ainda tem validade?

– Sim. Os modelos de cartão de papel, mais antigos, e de plástico (semelhantes aos cartões de crédito) seguem valendo.

Como se verifica a autenticidade?

– Qualquer pessoa pode ver se o número é verdadeiro acessando o site da Receita (www.receita.fazenda.gov.br) e utilizando o código de controle que é fornecido na hora da emissão do número.

É necessário guardar o CPF que tenho se o meu número já está registrado no meu RG?

– Se o CPF já está registrado no RG (ou na carteira de habilitação, no documento profissional, no talão de cheques ou em outros documentos), é desnecessário guardar o documento original. Quando for exigido o CPF, bastará apresentar qualquer documento com o CPF.

E se eu quiser um comprovante, além do papel que é fornecido na hora da inscrição?

– O site da Receita oferece uma opção para quem quer imprimir o CPF em um modelo parecido com o documento antigo para colocar na carteira. É preciso acessar o site da Receita (www.receita.fazenda.gov.br), buscar na coluna da direita, na aba dos serviços mais procurados, o link do e-cac. Ali, há dois caminhos:

– Se você já tiver um certificado digital, acesse o campo específico

– Se você não tem, terá de criar um código. Acesse o link “Informações sobre como gerar seu código de acesso”. É preciso ter em mãos os números dos recibos de entrega das declarações de Imposto de Renda de 2009 e 2010 (quem não tiver terá de informar o número do título de eleitor). Depois de preenchidos os campos, o sistema fornecerá um código que permitirá a impressão do número.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais