O desafio da Web para pequenos empreendedores

Interação. Essa é a marca da Web 2.0, evolução da internet que estimula o usuário a levantar discussões, sugerir comentários, compartilhar com outras pessoas conteúdos próprios ou relacionados a seus…

Interação. Essa é a marca da Web 2.0, evolução da internet que estimula o usuário a levantar discussões, sugerir comentários, compartilhar com outras pessoas conteúdos próprios ou relacionados a seus interesses.

É uma verdadeira mudança de paradigmas e, especialmente para pequenos empreendedores, um grande desafio. A pergunta fundamental questiona como encaixar a empresa nesse cenário, utilizando as ferramentas digitais em prol da divulgação de suas iniciativas?

Analisando o cenário brasileiro, uma pesquisa recente realizada pelo SEBRAE indica que 98% das 5,1 milhões de empresas do Brasil se encaixam na categoria de micro e pequenas empresas e sua movimentação representa 20% do PIB nacional. Grande parte delas tem acesso às tecnologias, sendo celulares e computadores os dispositivos mais utilizados.

Cerca de 70% das MPEs (micro e pequenas empresas) tem acesso à internet, entretanto, a navegação ainda está restrita para o envio de e-mails, consulta de preços, serviços bancários e compra de mercadorias. Ou seja, ainda há pouca ou nenhuma interação.

Um dos índices que mais chama a atenção é que poucas empresas deste segmento utilizam a web como forma de promoção e divulgação. Apenas 18% possuem sites próprios e 14%, lojas virtuais. Pode parecer um contra-senso, já que estudos demonstram que ações online tendem a ser mais acessíveis aos bolsos dos pequenos empreendedores.

Entretanto, já existem empresas que já entenderam o potencial das ferramentas digitais para impulsionar a divulgação “”boca-a-boca”” online de suas iniciativas, serviços e produtos. Ou “”viralizar”” para usar um termo do meio. Para isso, abriram canais de comunicação com seus consumidores, blogs corporativos para público interno e externo, além comunidades em redes sociais.

Estamos apenas no começo. Existe, ainda, um grande caminho a percorrer. Por isso, a chave pode estar em perder o medo de errar e embarcar nessa onda. Não adianta fugir desse novo mundo que se desenrola diante dos olhos de todos – tanto no universo dos negócios, quanto no pessoal. Precisa-se aproveitar o momento para fazer o negócio crescer.

Confira 10 dicas para ajudar as pequenas empresas conquistarem um melhor resultado pela internet.

1. Expanda sua consciência: estude iniciativas/projetos de sucesso;

2. Converse com jovens nascidos na era digital: trocar ideias com quem vive diariamente a web 2.0 traz ótimas lições;

3. Comece a usar as ferramentas da Web 2.0: escreva um blog, poste vídeos no YouTube e fotos no Flickr, aprenda a usar o Twitter;

4. Fique de olho no comportamento do seu setor de negócios no mundo digital;

5. Reúna sua equipe e façam uma lista de possíveis formas de se usar a Web 2.0 em seu negócio. Premie as melhores ideias;

6. Re-examine seus objetivos;

7. Crie sua estratégia própria para web 2.0, pense no seu próprio marketing;

8. Busque sua palavra-chave: seja autêntico, seja o melhor “”você”” possível;

9. Perca o medo de errar: aja! Mexa-se agora. Teste. Fracasse. Aprenda. Adapte-se. Repita;

10. Não se esqueça da paixão: ela é o melhor termômetro quando se está no caminho do sucesso.

Veja também

    Noticias

    O Sindilojas Porto Alegre é finalista do Top de Mkt ADVB/RS 2024

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades desta semana para as obras no Centro da capital

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Vendas de eletrodomésticos típicos de frio estão em alta

    Veja mais
    Noticias

    Entidades empresariais cobram agilidade da União para a liberação de recursos a...

    Veja mais