Obras no Centro Histórico provocam alterações no tráfego na Capital

Reforma de prédio na Riachuelo acarreta várias modificações de fluxo no Centro.

A prefeitura de Porto Alegre dá seguimento hoje às ações para a estabilização estrutural do prédio que ameaça…

Reforma de prédio na Riachuelo acarreta várias modificações de fluxo no Centro.

A prefeitura de Porto Alegre dá seguimento hoje às ações para a estabilização estrutural do prédio que ameaça desabar, localizado na esquina das ruas Riachuelo e Marechal Floriano, com o objetivo de garantir a segurança de pedestres e veículos. Após ter isolado o local com tapumes que interromperam a circulação de pessoas e veículos, já estão em andamento as ações de limpeza no local. A intervenção vai gerar alterações importantes no trânsito do Centro.

As mudanças serão nas proximidades das ruas Riachuelo e Marechal Floriano Peixoto, bloqueadas para obra estrutural. “As novas modificações se dão para garantir uma melhor fluidez na região, devido ao aumento de trânsito que já se apresenta na cidade. Esperamos que o impacto seja o menor possível para todo mundo”, disse o diretor-presidente em exercício da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Carlos Pires.

Até o momento, foram retirados 14 contêineres de entulhos do interior do prédio. Apenas na quinta-feira foram retirados três contêineres contendo pedras, tábuas e outros materiais condenados. A previsão é de que hoje o local já esteja desobstruído e em condições para o início dos grampeamentos e demais medidas de estabilização das paredes, inclusive com o uso de guindaste.

Veja também

    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais