Obrigatoriedade do Registro Eletrônico de Ponto adiada para setembro

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) adiou para 1º setembro a entrada em vigor da portaria que regulamenta Registro Eletrônico de Ponto. Recentemente o Sindilojas obteve decisão judicial favorável sobre…

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) adiou para 1º setembro a entrada em vigor da portaria que regulamenta Registro Eletrônico de Ponto. Recentemente o Sindilojas obteve decisão judicial favorável sobre o assunto, e os lojistas de Porto Alegre estão dispensados de imprimir os comprovantes de entrada e saída. O ministério não informou os motivos que levaram à transferência de data, e esta é a segunda vez que a portaria tem sua entrada em vigor adiada. A primeira foi em agosto de 2010. O governo anunciou que será formado um grupo de trabalho para revisar o Sistema de Registro Eletrônico de Ponto, e enquanto isso, os empregadores podem adotar sistemas alternativos para controlar a jornada de trabalho dos funcionários. O presidente do Sindilojas Porto Alegre, Ronaldo Sielichow, espera que o grupo, autorize o uso dos sistemas que já estão em uso nas empresas. “São sistemas modernos, que os lojistas instalaram há pouco tempo. É preciso dispensar os empresários de um novo investimento alto”, declara.

Veja também

    Noticias

    Sindilojas Poa prestigia solenidade de passagem de comando em Batalhão da PM

    Veja mais
    Noticias

    MPRS lança plataforma para facilitar a inserção de jovens no mercado de trabalho

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades desta semana para as obras no Centro da capital

    Veja mais
    Noticias

    Cultura organizacional é foco do debate no Varejo Movimento

    Veja mais