Operação combate a pirataria no Centro

Fiscais da Secretaria, Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic) e policiais militares realizaram ontem operação de combate à pirataria no centro da Capital. Em um apartamento transformado em…

Fiscais da Secretaria, Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic) e policiais militares realizaram ontem operação de combate à pirataria no centro da Capital. Em um apartamento transformado em depósito na Rua Coronel Vicente, fiscais localizaram cerca de 300 pares de tênis falsificados de marcas conhecidas. Numa loja na Rua Conceição, também no Centro, cerca de 600 bolsas, falsificadas, foram apreendidas.

Aoperação ocorreu no mesmo dia em que Zero Hora expôs como camelôs ilegais burlam a fiscalização para vender produtos falsificados no Centro. Tênis falsificados das marcas Nike, Adidas, Puma eram vendidos com auxílio de catálogo.

– São falsificações muito parecidas com as originais, inclusive vendidas em caixas das respectivas marcas – diz o diretor de fiscalização da Smic, Rogério Teixeira Stockey.

No imóvel de dois quartos, sala, dois banheiros e cozinha, utilizado como moradia, além das mercadorias (vendidas por valores que variam de R$ 50 e a R$ 120), fiscais identificaram cinco pessoas – dois homens e uma mulher nascidos na China. Ontem, o secretário da Smic, Valter Nagelstein, lamentou a demora da Brigada Militar em renovar convênio com a prefeitura existente desde 2005.

– Estamos aguardando a manifestação da BM para renovar o convênio. Só depende deles. No Centro tem venda de celulares roubados, de medicação, tráfico de drogas, exploração sexual de adolescentes. A questão dos ambulantes é apenas uma ponta do problema – falou Nagelstein.

Comandante do Policiamento da Capital, o coronel Atamar Cabreira afirma que convênio já poderia ter sido assinado há pelo menos dois meses se o documento não tivesse sido extraviado dentro da prefeitura:

– O convênio teve alguns contratempos. Ele ficou uns dois meses na prefeitura, acabou sendo extraviado. Depois, retornou para a BM, que passou por diferentes áreas. Agora, está na Secretaria da Segurança para análise. Mas nunca houve descontinuidade – afirmou o oficial.

O coronel acredita que até o final da semana o convênio será assinado.

Veja também

    Noticias

    Sindilojas POA participa da aula inaugural de curso com foco em comércio

    Veja mais
    Noticias

    RedeSin: uma rede de vantagens para todos

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticiasVendas

    Café com Lojistas reúne grande público e debate vendas em momentos de crise

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Na comparação com o Dia dos Namorados de 2023, 17% dos lojistas dizem ter vendid...

    Veja mais