Os ventos sopram a favor do aeromóvel

Quase 30 anos depois de o projeto do aeromóvel da Avenida Loureiro da Silva, em Porto Alegre, ser abandonado, o novo veículo que ligará o Aeroporto Internacional Salgado Filho à Estação Aeroporto da…

Quase 30 anos depois de o projeto do aeromóvel da Avenida Loureiro da Silva, em Porto Alegre, ser abandonado, o novo veículo que ligará o Aeroporto Internacional Salgado Filho à Estação Aeroporto da Trensurb começa a ganhar corpo.

Na próxima semana, a abertura dos envelopes da concorrência para construção de dois módulos do aeromóvel marcará o renascimento de um projeto rejeitado pelo Ministério dos Transportes em 1982.

A busca por transportes com menor prejuízo ao ambiente durante a Copa de 2014, algo que não estava “na moda” na época de criação da linha descontinuada da Avenida Loureiro da Silva, é uma das molas propulsoras do aeromóvel em 2011.

Os protótipos brancos de fibra de vidro já passam por testes na oficina da Aeromóvel do Brasil. A empresa integra o Grupo Coester, fundado pelo responsável pela invenção, o gaúcho Oskar Coester. – Como toda invenção, a história é sempre a mesma. Quando surgiu a turbina, por exemplo, houve receio de avião sem hélice – diz Coester.

Para o aeromóvel começar a se mover nos trilhos, resta uma segunda pendência, além da contratação da empresa que construirá os veículos – seguindo os moldes da Aeromóvel do Brasil. Conforme o superintendente de Desenvolvimento e Expansão da Trensurb, Humberto Kasper, até o início de fevereiro, após o orçamento de 2011 ser sancionado pela Presidência da República, deve ser assinada a contratação da Construtora Premold, vencedora da licitação das obras civis, ou seja, da estrutura em que funcionará o aeromóvel. A Trensurb aguarda a liberação financeira federal. Assim que esses prazos forem cumpridos, deve começar a construção da estrutura, com previsão de término em nove meses.

A alternativa preencherá uma lacuna na ligação entre o aeroporto e o sistema da Trensurb. No momento, existe uma van e um ônibus da Infraero, gratuitos, que fazem o percurso entre os terminais 1 e 2 do Salgado Filho. Há ainda sete linhas de ônibus regulares que passam pelo aeroporto, segundo a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). O aeromóvel fará uma viagem de somente 90 segundos para levar os passageiros de um ponto a outro, acima do nível do chão e livre do trânsito pesado da área.

O aeromóvel é um barco a vela de cabeça para baixo, define o seu criador. Mas não somente por ser movido pelo vento gerado por uma espécie de ventilador é que se configura em uma opção de transporte barato e pouco poluente. O segredo está em eliminar o que Coester chama de peso morto (o que é transportado excluindo o passageiro). O veículo carrega cerca de 30 quilos de peso morto por pessoa. Para comparar, 90% do que automóveis transportam se resumem a sua própria estrutura – na média, há 1,2 passageiro por carro nas grandes cidades.

Veja também

    Noticias

    Matrículas para selecionados no Capacita + POA tem o prazo prorrogado

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais