Otimismo com Cautela

Economista Patrícia Palermo projeta cenários para o varejo no fim de 2023 e início de 2024

“Para o fim do ano, nossas expectativas são cautelosamente otimistas.” A frase é da economista Patrícia Palermo, referindo-se às projeções de desempenho do varejo nos últimos meses de 2023. Analisando tendências e variáveis que podem impactar as vendas no trimestre que é o mais importante para o segmento varejista, Patrícia Palermo entende que alguns estímulos projetam um fim de ano melhor em 2023. São eles: processo de desinflação está ocorrendo com melhor qualidade do que ocorreu na segunda metade de 2022; taxa de juros em queda; aumento da população ocupada e processo de “desnegativação”.

No entanto, ela aponta para outras variáveis que afetam negativamente os resultados, como o clima: “Período longos de chuva intensa reduzem a mobilidade urbana, com impacto sobre as vendas”. A ressalva é importante em um ano em que o fenômeno El Niño tem castigado o Rio Grande do Sul. Patrícia também chama a atenção para outras questões: “Apesar de o início do ano ter contado com o aumento do salário mínimo e das transferências de renda, bem como termos vivenciado uma desinflação significativa dos alimentos – o que certamente estimula o consumo das famílias –, os serviços ainda têm sido destino relevante das margens de orçamento que estão sendo abertas.

Leia essa matéria por completo e demais temas da revista do Sindilojas Porto Alegre, Conexão Varejo, clicando aqui.

Veja também

    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Feira Brasileira do Varejo (FBV) é lançada oficialmente em Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 19/02 A 23/02

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Tendências mundiais que impactam o varejo local

    Veja mais