Pagamento do 13º aquecerá economia no final do ano

Entre novembro e dezembro, serão injetados R$ 211,2 bilhões na economia brasileira com o pagamento do 13º salário. 

O valor representa cerca de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) e será destinado a 84,5 milhões de trabalhadores do mercado formal, contando com aposentados, pensionistas e empregados domésticos.

Distribuição do 13º salário:

– Nos setores

A maior parcela do pagamento ficará com os assalariados do setor de serviços, que receberão 64,1% do valor total. Empregados da indústria representarão 17,4%. Comerciários 13,3%, construção civil 3,1% e agropecuária 2,1%. O valor médio do 13º salário será de R$ 2.927,21, sendo que os trabalhadores do setor de serviços receberão o maior pagamento, de R$ 3.338, 81, e os do setor primário da economia o menor, R$ 1.794,86.

– Por regiões

A região Sul do país ficará com a segunda maior parte do pagamento do benefício, com 16,6%, liderada pela região Sudeste, com 49,1%. Os estados do Nordeste, Centro-oeste e Norte vêm a seguir nessa lista, com 16%, 8,9% e 4,7% consecutivamente.

– Por categoria de trabalhadores

Os trabalhadores assalariados do setor de serviços, incluindo a administração pública, ficarão com 64,1% do total destinado ao mercado formal. Já os da categoria indústria receberão 17,4%. Comerciários terão 13,3% do valor, trabalhadores da construção civil 3,1% e agropecuária 2,1%.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais
    Noticias

    Matrículas para selecionados no Capacita + POA tem o prazo prorrogado

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais