Paim vai propor no Senado antecipação de parte do reajuste de 2012 para o mínimo

Senador acredita que atrairá simpatizantes na Casa para sua proposta

O projeto de lei que trata do reajuste do salário mínimo, aprovado ontem na Câmara dos Deputados, ainda não chegou ao Senado, mas pelo menos uma emenda já aguarda por ele na Casa. Nesta quinta-feira, o senador Paulo Paim (PT-RS) anunciou que vai propor uma antecipação de R$ 15 do reajuste de 2012 para que o valor do mínimo este ano chegue aos R$ 560 reivindicados pelas centrais sindicais. — Proponho uma antecipação do que vai acontecer em janeiro de 2012, quando o salário mínimo vai para R$ 620. Podemos então antecipar, por oito meses, R$ 15. Estaremos cumprindo o acordo — explicou Paim.

Na opinião do senador, a proposta não significa quebra no acordo do governo com as centrais sindicais, que está em vigência desde o governo Luiz Inácio Lula da Silva. O acordo prevê o reajuste do mínimo conforme a inflação do ano anterior mais o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. — Não há problema em fazer uma antecipação, não estamos propondo mudar a política. Não vejo porque fazer um cavalo de batalha em cima disso — alegou.

O senador Paulo Paim (PT-RS) reafirmou ainda que votará contra o reajuste do salário mínimo para R$ 545. A declaração dele afasta a hipótese de a bancada no Senado se recompor com o Planalto após o desempenho do PT na Câmara, em que dois petistas votaram contra o governo.

O senador ressalvou, no entanto, que, se o governo sinalizar com alguma alternativa para extinguir o fator previdenciário e criar uma política permanente de aumento dos aposentados, ele vota a favor dos R$ 545.

Paim acredita que atrairá simpatizantes na Casa para sua proposta. De antemão, ele cita o apoio integral de seus conterrâneos, os senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Ana Amélia (PP-RS). Mesmo assim, ele reconhece que o governo tem maioria suficiente no Senado para aprovar o projeto nos termos em que veio da Câmara.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais