País “ganha tempo” e dólar sobe

No primeiro dia em vigor do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 6%, o dólar mudou de direção e subiu 1,26%, para R$ 1,687, na maior alta diária desde 29 de junho, quando a moeda americana avançou…

No primeiro dia em vigor do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 6%, o dólar mudou de direção e subiu 1,26%, para R$ 1,687, na maior alta diária desde 29 de junho, quando a moeda americana avançou 1,57%. A movimentação dos mercados externos, motivada pela inesperada alta de juros na China, também ajudou a puxar o câmbio. A percepção dos economistas, no entanto, é que o Brasil está apenas “ganhando tempo” para que os países cheguem a uma trégua na “guerra cambial”. A tendência é que as medidas adotadas ontem percam vigor e que o governo seja obrigado a lançar mão de novos mecanismos para segurar a alta do real.

Nos bastidores, técnicos afirmam que, se o governo julgar necessário, voltará a carga. No cardápio: elevar o IOF para o investimento estrangeiro em ações, limitar a exposição de bancos e empresas ao câmbio, reduzir a capacidade de gerar negócios com uma mesma operação, ou até adotar medidas mais radicais, como fixar uma quarentena para a permanência dos dólares no país. – Foi uma tentativa de comprar tempo. O Brasil e outros emergentes estão em um fogo cruzado – avaliou Mônica de Bolle, da Galanto Consultoria, sobre o excesso de recursos nos EUA e o câmbio fixo na China. Os países emergentes estão preocupados com o afrouxamento monetário prometido pelo Federal Reserve (o banco central dos EUA) para o início de novembro, que pode inundar o mercado de dólares e desvalorizar a moeda americana.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais