Playsumers é uma forte tendência para 2017

A vida moderna é muito corrida. Com tantos problemas políticos e econômicos somados à uma rotina pesada e opressora, as pessoas precisam fugir da realidade em alguns momentos para manter a saúde mental. 

A vida moderna é muito corrida. Com tantos problemas políticos e econômicos somados à uma rotina pesada e opressora, as pessoas precisam fugir da realidade em alguns momentos para manter a saúde mental. Tornar os processos mais fáceis e prazerosos é uma demanda urgente para qualquer negócio. O objetivo é proporcionar entretenimento a partir de experiências de escapismo, surrealidade e fantasia, onde um outro mundo é possível, em que o consumidor pode ser outra pessoa, podendo sair da sua rotina e, assim, viver algo inédito

Por exemplo, a Bloomingdale`s, rede de lojas de departamentos, criou uma campanha com filtros de Snapchat exclusivos escondidos pela loja. Os clientes foram convidados a explorar os estabelecimentos para encontrá-los e, depois de compartilhar nas redes sociais, concorreram a prêmios. Outro caso é a Sphero, empresa de brinquedos digitais que ampliou os comandos do wearable –  dispositivo tecnológico – Force Band para operar sobre aparelhos domésticos. Com isso, a partir de movimentos de inspiração Jedi o usuário controla os eletrodomésticos.

No último DLD Tel Aviv Innovation Festival, o prédio da prefeitura de Tel Aviv foi transformado em um jogo gigante de Tétris para promover o evento. Durante a noite, as janelas se tornaram pixels formando uma tela de 3 mil metros quadrados, composta por lâmpadas LED. O público conseguiu jogar gratuitamente através de um joystick de 1,5 m próximo ao prédio.

Em janeiro de 2017, a KFC, empresa de fast food, lançou uma promoção que instigava os consumidores das Índia a usarem a habilidade mental para abrir uma caixa que tinha um prêmio dentro. Para participar o consumidor utilizava um sensor na cabeça que monitorava a atividade cerebral e analisava o nível de concentração em uma escala de 0 a 100. Se a concentração do participante chegasse a 100, a caixa abriria revelando o prêmio que poderia ser um lanche da KFC, voos para Nashville ou um ano de KFC gratuito. 

No começo do ano, a Asics convidou corredores em Los Angeles para participar de uma experiência imersiva de teatro de rua. Os corredores ganharam papéis de detetives para resolver uma trama estilo film noir – romance policial da década de 40. Os participantes foram guiados por um percurso de 5Km interrompidos por cenas teatrais. Toda experiência resultou em um vídeo para a campanha da marca.

A partir desses exemplos, conseguimos entender que com tantos problemas no mundo e na vida pessoal, as marcas que surpreenderem as pessoas com momentos de escapismo e entretenimento terão preferência. Não é novidade a necessidade de experiência positiva para o consumidor. O interessante é que a experiência vem ganhando cada vez mais peso em relação à mercadoria. Transformar o ato da compra ou de uso dos produtos em um momento lúdico é uma boa estratégia para agregar experiência ao seu negócio.

Confira na próxima quinta-feira, dia 06 de abril, a próxima tendência que será divulgada pelo Núcleo de Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre e acompanhe a série!

Fonte: trendwatching.com/premium

 

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais