Porto Alegre tem menor taxa de desemprego desde 1992, segundo Dieese

Em outubro deste ano, índice atingiu 7,1% da População Economicamente Ativa

A Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) na Região Metropolitana de Porto Alegre referente a outubro, divulgada hoje pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostrou que, em outubro de 2011, a taxa de desemprego total registrou redução, passando de 7,7% da População Economicamente Ativa (PEA) de setembro para os atuais 7,1%. Esta é a menor taxa da série da PED-RMPA, criada em 1992.

O nível ocupacional apresentou redução, após dois meses consecutivos de crescimento. Apesar do comportamento adverso da ocupação, a taxa de desemprego apresentou queda, atingindo o seu menor patamar de toda a série da pesquisa, devido à saída de pessoas do mercado de trabalho. O rendimento médio real mostrou, em setembro, variação positiva tanto para o total de ocupados quanto para os assalariados.

Segundo a PED, o contingente de desempregados em outubro foi estimado em 147 mil pessoas, 15 mil a menos do que no mês anterior e 21 mil a menos do que em outubro de 2010. Esse comportamento deveu-se à saída, neste ano, de 28 mil pessoas do mercado de trabalho, que superou a redução de 13 mil postos de trabalho.

O rendimento médio real referente a setembro registrou variação positiva tanto para os ocupados (0,5%) quanto para os assalariados (0,9%). Em termos monetários, esses rendimentos passaram a corresponder a R$ 1.445 para os ocupados e a R$ 1.424 para os assalariados.

Veja também

    Cursos e eventosNoticias

    Como reter e engajar a Geração Z foi tema de evento do Sindilojas POA

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 20/04 a 25/04

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    NRF 2024 vista por dentro

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Encerrada a etapa das 4 edições do Talks pré 11ª FBV

    Veja mais