Preferência Nacional: WhatsApp torna-se um canal estratégico para o varejo

WhatsApp torna-se um canal estratégico para o varejo

O WhatsApp conquistou o varejo brasileiro. A pesquisa Panorama de Marketing, de 2023, mostra que o segmento que mais usa o WhatsApp nos negócios é o varejo (74%), seguido pelo mercado imobiliário (70%), saúde e estética (67%) e tecnologia (40%). Com funcionalidades que permitem uma experiência de compra completa, o app, na sua versão Business, é um aliado potente, mas seu uso requer estratégia e cuidados. O grande salto do WhatsApp ocorreu durante a pandemia de covid-19, quando ele foi a ferramenta que permitiu rapidamente ao varejista digitalizar suas vendas. Mas na urgência daquele momento, pouca atenção foi direcionada a como fazer um melhor uso de todas as suas possibilidades para estabelecer conexões que geram negócios.

Conforme o consultor Eduardo Tevah, atualmente o cliente prefere que o primeiro contato com a empresa seja por meio do WhatsApp, por isso, esse momento merece todo o empenho do profissional de vendas. “O WhatsApp é uma forma mais rápida de a loja se conectar com quem está sem tempo e busca algumas informações antes de decidir onde vai comprar”, esclarece Tevah.

Leia toda essa matéria e as demais nas edições da revista do Sindilojas POA,  Conexão Varejo, clicando aqui.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais