Prévia da inflação avança 0,19% e tem menor variação para dezembro desde 1998, aponta IBGE

Com recuo de 0,18%, grupo de alimentação e bebidas teve principal impacto sobre o indicador no mês

Influenciada pelo recuo do grupo de alimentação e bebidas, a prévia da inflação teve alta de 0,19% em dezembro. É a menor variação para o mês desde 1998, quando o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) teve avanço de 0,13%. Os números foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quarta-feira.

Em novembro, a prévia da inflação registrou elevação de 0,26%. Com os resultados, o IPCA-15 fechou o ano com alta de 6,58% — um pouco acima da margem de tolerância de dois pontos porcentuais da meta perseguida pelo Banco Central (BC), de 4,5% no ano.

Em dezembro, o grupo de alimentação e bebidas teve recuo de 0,18% na prévia da inflação de dezembro após uma deflação de 0,06%, em novembro. Com isso, o grupo retirou 0,05 ponto porcentual (p.p) do indicador, que registrou alta de 0,19%, de acordo com o IBGE. 

"Vários produtos influenciaram o resultado, a exemplo do feijão carioca (-17,24%), da batata-inglesa (-15,78%), do tomate (-10,58%) e do leite longa vida (-5,4%)", diz a nota divulgada pelo IBGE. Por outro lado, subiram itens como cebola (6,50%), a farinha de mandioca (3,52%), o frango inteiro (1,62%) e o óleo de soja (2,55%).

Fonte: Zero Hora 

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais