Previdência privada com condições especiais aos associados e suas equipes

Um lojista que conta com profissionais dedicados, bem treinados e motivados pode se considerar no caminho certo para o sucesso nas vendas. 

Um lojista que conta com profissionais dedicados, bem treinados e motivados pode se considerar no caminho certo para o sucesso nas vendas. Para fortalecer ainda mais o vínculo com os funcionários, o Sindilojas Porto Alegre oferece para os seus associados os planos de previdência privada, que contribuem para a valorização do colaborador e na retenção de talentos do varejo. Na adesão, a empresa entra no mesmo plano do Sindicato, enquadrando-se às regras já formuladas, sem a necessidade de ir até a seguradora e pensar nos trâmites e contrato. O modelo prevê que tanto o funcionário quanto o empregador contribuam com um valor mínimo de R$ 50 mensais, o que faz com que o colaborador acumule uma reserva maior no seu plano de previdência. Apesar de os ganhos financeiros se realizarem a longo prazo, o certificado individual pode ser suspenso a qualquer momento. 

Por meio do Sindilojas Porto Alegre, os lojistas podem contratar os planos desenvolvidos pelo Sicredi em parceria com a seguradora Icatu Seguros. A única exigência é ser associado ao Sicredi. Em contrapartida, não existe número mínimo de pessoas para fazer parte. O plano conta com um atendimento personalizado e taxas de administração atrativas, de até 1% ao ano. Além de oferecer mais este benefício para o seu empregado, a empresa que escolhe o Lucro Real como forma de tributação poderá deduzir na sua declaração de imposto de renda o valor de contribuição realizado nos planos, como Despesa Operacional, até o limite de 20% do total dos salários dos funcionários e da remuneração dos dirigentes vinculados ao plano. Já o funcionário que optar por contribuir em um plano PGBL e que faça sua declaração de IR pelo modelo completo poderá usufruir do benefício fiscal, abatendo no IR as contribuições realizadas no ano até o limite de 12% da renda bruta anual.

Conheça as modalidades de previdência privada existentes hoje no Brasil:

PGBL x VGBL: 
A diferença está na tributação cobrada no resgate, já que uma modalidade leva em conta os rendimentos acumulados e a outra o valor aplicado no plano de previdência privada. Por sua vez, a rentabilidade não é fixa e dependerá do fundo em que o dinheiro é aplicado.

PGBL (Plano Gerador de Benefícios Livres): 
Ideal para pessoas que declaram o Imposto de Renda pelo formulário completo, pois o valor investido no ano pode ser abatido no IR até o limite de 12% da renda bruta anual. Aqui, o imposto é cobrado sobre o total resgatado.

VGBL (Vida Gerador de Benefícios Livres): 
Indicado para quem faz a declaração simplificada do IR ou já atingiu o limite de 12% para deduções em contribuições nos planos PGBL. Nessa modalidade, a tributação em caso de resgate incide sobre os rendimentos, e não sobre o total.

Para obter mais informações entre em contato com o Sindilojas Porto Alegre pelo telefone (51) 3025-8300 ou pelo e-mail comercial@sindilojaspoa.com.br

Fonte: Sindilojas Porto Alegre

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais