Produtos com preço baixo em lojas virtuais durante a madrugada

Em promoções relâmpagos e direcionadas, redes de varejo encontraram na madrugada uma maneira de oferecer produtos com preços exclusivos. Atento a promoções, o administrador Thiago Szekir Klassmann, 32…

Em promoções relâmpagos e direcionadas, redes de varejo encontraram na madrugada uma maneira de oferecer produtos com preços exclusivos. Atento a promoções, o administrador Thiago Szekir Klassmann, 32 anos, costuma comprar boa parte de utilitários domésticos e eletroeletrônicos pela internet. Cadastrado nas principais lojas virtuais e em redes sociais, o porto-alegrense se programa para aproveitar os preços baixos oferecidos em horários alternativos.

– Quando vejo que vale a pena, fico o tempo que for preciso. Não desisto até conseguir – conta Klassmann. Na última compra, um aspirador de pó, economizou R$ 30 no e-commerce. O produto, que nas lojas físicas era anunciado por R$ 179, foi adquirido por R$ 149 numa campanha na madrugada. As horas de vigília em frente ao computador já renderam a Klassmann descontos superiores a 50%. As ações promocionais buscam atrair um público de 25 a 38 anos, disposto a buscar melhores preços nos horários em que está em casa. – À noite, os consumidores podem avaliar os produtos com calma – afirma Clério Kubiak, gerente de e-commerce da rede Lojas Colombo. Há um ano, a empresa lançou o Corujão de Ofertas, que oferece descontos de até 35% nas compras online feitas em determinados dias da semana, das 22h às 7h. – As lojas virtuais têm estrutura logística diferente, não há custos de aluguel, estoque, mostruários ou funcionários – compara o gerente.

Campanhas promocionais são reforçadas em redes sociais

Hoje, o e-commerce é responsável por 13% das vendas da rede, que engloba 340 lojas. Os produtos mais vendidos são os de linha branca. O comércio eletrônico é explorado em horários específicos também pela Ponto Frio e pelo Extra, que toda semana oferecem promoções que chegam a 25% de descontos, e pela rede de lojas Magazine Luiza. – Fizemos uma série de ações promocionais de marketing voltadas exclusivamente ao site – diz o gerente-geral de e-commerce do Magazine Luiza, Francisco Donato, acrescentando que as campanhas são reforçadas em redes sociais, como o Twitter.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais