Queda da confiança dos empresários perde força

O Índice de Confiança dos Empresários do Comércio registrou, em outubro, queda de 2,0 em relação a outubro de 2012

Após quedas de 4,2% em agosto e de 2,6% em setembro, o Índice de Confiança dos Empresários do Comércio (Icec), que a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulga hoje, apresentou retração menos acentuada em outubro (-2,0% em relação a outubro de 2012).
O subíndice que mede as expectativas dos empresários acusou a menor queda em três meses, variando -0,8% em outubro. A propensão a investir reagiu positivamente (+1,3%) e reverteu o recuo observado dois meses atrás. A avaliação das condições atuais oscilou -7,5%, taxa menor do que a verificada em agosto (-11,3%), porém maior do que a queda do mês de setembro (-6,5%).

Na comparação com setembro, a confiança dos empresários do setor avançou 2,9%, acumulando, no ano, queda de 2,7%. De acordo com o subitem que mede as expectativas dos comerciantes, para 86,4% dos entrevistados a economia brasileira irá melhorar nos próximos meses. Já 90,5% esperam por um cenário mais favorável para o comércio e 93,5% apostam em melhoria no ambiente empresarial.

Veja também

    Noticias

    Sindilojas POA participa da aula inaugural de curso com foco em comércio

    Veja mais
    Noticias

    RedeSin: uma rede de vantagens para todos

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticiasVendas

    Café com Lojistas reúne grande público e debate vendas em momentos de crise

    Veja mais
    PesquisaNoticias

    Na comparação com o Dia dos Namorados de 2023, 17% dos lojistas dizem ter vendid...

    Veja mais