Queda do IPI já aumenta vendas no varejo

O Natal da aposentada Alaides Dutra vai ter um sabor diferente neste ano. Isso porque graças à redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), os planos de trocar o fogão finalmente vão se…

O Natal da aposentada Alaides Dutra vai ter um sabor diferente neste ano. Isso porque graças à redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), os planos de trocar o fogão finalmente vão se concretizar. “Os preços estão ótimos e vão possibilitar essa troca”, afirma Alaides. Além do fogão, uma geladeira novinha em folha também está nos planos da aposentada, que apesar de ainda estar fazendo as contas para levar o item, está tentada diante dos valores. “Se a gente pode pagar menos, é conveniente comprar”, sentencia.

O comportamento de Alaides reflete um movimento que começa a ser percebido nas lojas do Centro de Porto Alegre. Desde que o governo anunciou a queda do IPI, na quinta-feira passada, os consumidores começaram a sondar preços e artigos que estavam incluídos na medida. Apesar de o grande movimento ser esperado mais próximo ao Natal, as vendas já começaram a subir frente à queda dos preços.

É o caso da Taqi. Durante o primeiro final de semana após a redução, a grande procura foi por informações. Passados os primeiros dias, a medida começa a surtir efeitos. O gerente Antônio Marcelo da Silva revela que houve incremento de cerca de 20% nas vendas, a maioria delas direcionadas aos refrigeradores de menor valor. “As pessoas estão encarando como uma oportunidade de trocar um produto de valor mais alto, como é o caso das geladeiras”, explica o gerente. Ele acrescenta que alguns dos produtos chegam a ter 10% de desconto no preço final, o dobro dos 5% reduzidos no IPI das geladeiras. A medida veio justamente na mesma semana em que começou a vigorar a promoção natalina da rede. Com isso, Silva espera um aumento ainda maior nas vendas até o fim do ano.

Na Manlec a situação não foi muito diferente. Passado o período de especulação dos compradores, desde ontem já é observado um crescimento de 15% na comercialização de itens da linha branca. A meta da companhia, porém, é atingir vendas 30% superiores com base na queda no IPI. A grande preferência também é por geladeiras, com fogões vindo logo atrás entre os produtos mais requisitados. O gerente comercial da Manlec Márcio Alexandre Dorneles Cafarati explica que a equipe de compras da rede já entrou em contato com os fornecedores para renovar os estoques, antevendo a demanda. Apesar do otimismo e do já registrado aumento nas vendas, Cafarati diz que os consumidores ainda estão tímidos. “O fluxo aumentou, mas o cliente está ansioso para ver se essa redução está mesmo compensando”, destaca.

Com previsão de crescer 15% diante da derrubada do IPI, a Magazine Luiza já observa elevação de 10% nas vendas. Geladeiras, fogões, lavadoras de roupa e tanquinhos são os principais itens vendidos até agora. Com base nos primeiros movimentos observados, o gerente Martins Luiz de Araújo Neto acredita que a meta deve ser alcançada. “Pela procura que estamos vendo, esse parâmetro vai se concretizar”, diz.

Nas Lojas Colombo, os estoques já estão sendo revistos. O diretor de compras e logística da companhia, Gladimir Somacal, alega que as atuais medidas ainda não surtiram o mesmo efeito em relação à redução de IPI aplicada em 2009. Ainda assim, as expectativas são otimistas, com previsão de um retorno de 30% a 40% maior. “Já tínhamos uma programação de aumentar os estoques, mas estamos ampliando um pouco mais.” De acordo com ele, a redução do imposto deve fazer diferença, principalmente entre janeiro e março, quando as compras de Natal já tiverem sido efetuadas.

Veja também

    Noticias

    Sindilojas Porto Alegre tem reunião com o prefeito Sebastião Melo

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas POA acompanha lançamento de agenda legislativa na Fecomércio RS

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    FBV 2024 – o próximo passo está aqui

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 06/04 a 12/04

    Veja mais