Receita Federal amplia ações de cobrança

Medidas atingem pessoas e empresas e fazem parte do esforço para equilibrar as contas da União

A superintendência da Receita Federal no Rio Grande do Sul informou que está notificando contribuintes com pendências para regularizarem seus débitos com a instituição. A ampliação das ações é reflexo de um esforço para equilibrar as contas da União.

— Boa parte das medidas é tradicional na Receita Federal. O que a gente esta fazendo é um esforço para trazer arrecadação com ferramentas novas e sistemas que estavam sendo desenvolvidos e ficaram prontos — disse o superintendente da receita no Estado, Paulo Renato Silva da Paz.

No momento em que o governo federal procura ajustar suas contas, ampliando receitas e reduzindo despesas, 5.343 pessoas jurídicas e 2.139 pessoas físicas no Estado vêm recebendo alertas, desde o início de fevereiro para quitarem suas dividas. O contato é feito por meio de meio de cartas ou telefonemas — nunca de e-mails, alerta a Receita, advertindo que esse tipo de comunicação geralmente é uma tentativa de fraude.

— A arrecadação depende de vários fatores, inclusive da atividade econômica. As ações que estamos incrementando ainda não tiveram resultado, mas esperamos, com elas, melhorar o resultado da arrecadação — afirmou João Paulo Ramos Martins da Silva, coordenador-geral de Arrecadação e Cobrança da Receita.

Segundo a Receita, os valores devidos ultrapassam R$ 460 milhões. Estão sendo alertados também contribuintes que têm parcelamentos especiais rescindidos, parcelamentos previdenciários em fase de rescisão e débitos declarados e não pagos. Os contribuintes têm 75 dias para regularizar sua situação.

Se o prazo expirar e as dividas não forem pagas, a Receita inclui o nome do contribuinte no Cadastro Informativo de Créditos Não Quitados (Cadin) do setor público federal. A inclusão no Cadin tem efeitos como não permitir a realização de operações de crédito que envolvam recursos públicos, como empréstimos e financiamentos, nem a concessão de incentivos fiscais ou efetivação de convênios e contratos que envolvam recursos públicos.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais