Receita muda regra para pagamento de IR

A Receita Federal publicou ontem uma instrução normativa que corrige a tributação do Imposto de Renda sobre rendimentos acumulados – que podem ser de trabalho, benefícios de previdência, aposentadoria e…

A Receita Federal publicou ontem uma instrução normativa que corrige a tributação do Imposto de Renda sobre rendimentos acumulados – que podem ser de trabalho, benefícios de previdência, aposentadoria e pensão. A partir de agora, o IR incidente sobre rendimento de anos anteriores a ser recebido terá como base o número de meses e o período em que foi gerado. Ou seja, o IR deixará de ser computado como um rendimento normal do ano corrente, o que aumentava o valor a ser pago. Se a pessoa receber R$ 20 mil, por exemplo, referente a 10 meses de trabalho que não haviam sido pagos em 2009, é como se ganhasse R$ 2 mil por mês. Pela regra antiga, esses R$ 20 mil se somariam aos rendimentos normais do ano, colocando a pessoa na faixa de contribuição de 27,5%. Pela tabela progressiva do IR em vigor, a pessoa entraria na faixa que paga a alíquota de 7,5%.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais