Rede varejista Quero-Quero é vendida para americanos

O fundo de investimentos norte-americano Advent International adquiriu o controle acionário da rede varejista Quero-Quero, que tem matriz em Santo Cristo. O valor do negócio, que encerrou dez meses de…

O fundo de investimentos norte-americano Advent International adquiriu o controle acionário da rede varejista Quero-Quero, que tem matriz em Santo Cristo. O valor do negócio, que encerrou dez meses de negociações, não foi revelado. O presidente da Quero-Quero, Wilmar Hammerschmitt, limita-se a dizer que a transação superou R$ 200 milhões e que o grupo gaúcho manteve participação acionária. Segundo ele, a capitalização da empresa permitirá a deflagração de um plano agressivo de expansão, que prevê um faturamento de R$ 3 bilhões em cinco anos. “Vamos triplicar a receita”, diz o dirigente, que estima fechar 2008 com faturamento bruto de R$ 1 bilhão.

O plano de expansão inclui a abertura de 200 lojas em quatro anos, entre crescimento orgânico e aquisições. Hoje, a Quero-Quero tem 170 lojas no Rio Grande do Sul (90% da rede) e Santa Catarina e possui 3,2 mil funcionários. Das 200 previstas, apenas 30 serão no Rio Grande do Sul. “Vamos entrar no Paraná”, antecipa Hammerschmitt.

O novo mercado pode ser alcançado ainda este ano ou no início do próximo, por meio de uma aquisição. O presidente revela que há negociações com três redes varejistas de grande porte, com expectativa de fechar negócio em breve. O porte das redes é de 40 a 50 lojas, afirma ele. “Sem o Advent, nosso plano de expansão ficaria reduzido à metade”, explica.

Hammerschmitt também não revela quanto será investido na ampliação da rede, mas argumenta que cada loja custa em torno de R$ 650 mil entre ponto de venda e estoque.
Apesar do controle norte-americano, o presidente garante que a Quero-Quero manterá “a alma gaúcha”. O novo controlador indicará o vice-presidente Christophe Auger e o diretor na área de cartão de crédito Leone Faria.

A Advent International é uma gestora de fundos de investimentos que já realizou 250 operações em 40 países desde 1984, que somam 24 bilhões de dólares em capitalizações. No Brasil, atua em varejo (redes Viena, Grupo RA e Dufry South America) e serviços financeiros.

Veja também

    NoticiasMarketing

    NRF 2024 vista por dentro

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Encerrada a etapa das 4 edições do Talks pré 11ª FBV

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas Porto Alegre recebe prêmio da Confederação Nacional do Comércio (CNC)

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Funcionamento do comércio no feriado de Tiradentes: saiba como será

    Veja mais