Redução salarial perde força

Além da oferta de emprego, um outro dado revela o bom momento do mercado de trabalho. Segundo o supervisor técnico do Dieese/RS, Ricardo Franzoi, a diferença entre o salário médio dos trabalhadores…

Além da oferta de emprego, um outro dado revela o bom momento do mercado de trabalho. Segundo o supervisor técnico do Dieese/RS, Ricardo Franzoi, a diferença entre o salário médio dos trabalhadores admitidos e dos desligados caiu de 12% em 2005 para 8% este ano, com tendência de que prossiga em queda. “Isso revela que a rotatividade motivada pelo enxugamento da folha (quando a empresa demite alguém para contratar outro com remuneração menor) diminuiu”, explica Franzoi. De acordo com ele, o aumento do mínimo e dos pisos profissionais ajudam a encurtar esta diferença, por desestimular a prática da rotatividade focada na redução salarial.

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais