Rendimento médio do trabalhador é o maior em oito anos no país e na Região Metropolitana

O rendimento médio real habitual dos trabalhadores, apurado em setembro de 2010 em R$ 1.499, apresentou acréscimo de 1,3% na comparação mensal, no conjunto das seis regiões pesquisadas pelo Instituto…

O rendimento médio real habitual dos trabalhadores, apurado em setembro de 2010 em R$ 1.499, apresentou acréscimo de 1,3% na comparação mensal, no conjunto das seis regiões pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O valor de setembro é o maior contabilizado desde 2002, quando teve início a Pesquisa Mensal de Emprego, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na Região Metropolitana de Porto Alegre, o rendimento médio também foi recorde: R$ 1.422,70. O aumento em relação a agosto foi de 1,3%.

Na análise regional, em relação a agosto, o rendimento médio real habitual dos trabalhadores apresentou aumento também nas outras regiões investigadas: em Recife (1,9%), Salvador (1,2%), Belo Horizonte (1,7%), Rio de Janeiro (2,7%) e São Paulo (0,4%). Frente a setembro de 2009, igualmente, todas as regiões tiveram alta: Recife (13,5%), Salvador (5,9%), Belo Horizonte (11,4%), Rio de Janeiro (8,8%), São Paulo (3,1%) e Porto Alegre (7,5%).

Veja também

    Noticias

    Nota Oficial: Falta de luz no centro de Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Ministério do Trabalho prorroga portaria sobre funcionamento do comércio aos fer...

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Conheça as principais tendências globais de consumo para 2024

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Novas experiências para o consumidor leitor

    Veja mais