RS é o 21º no ranking de cheque sem fundo

No Brasil, 1,5 milhão de documentos foram devolvidos no mês de fevereiro

Dos 27 estados da Federação, o Rio Grande do Sul foi o 21 em devolução de cheques por insuficiência de fundos no mês de fevereiro. Conforme levantamento da Serasa Experian, 1,87% dos cheques emitidos no RS em fevereiro foram devolvidos. O índice está acima da média do Brasil, de 1,83%, mas ficou muito distante da maior taxa de devolução que foi de Roraima (10,06%) seguido pelo Maranhão (8,70%). No Brasil, 1.498.419 cheques foram devolvidos e 82.019.027 compensados. Em relação a janeiro, houve alta no país de 0,13 ponto percentual. Conforme o trabalho, São Paulo teve a menor devolução (1,37%), à frente do Rio de Janeiro (1,47%), Paraná (1,51%), Santa Catarina (1,56%), Mato Grosso do Sul (1,63%) e Minas Gerais (1,66%). Para os economistas da Serasa, os cheques sem fundos subiram em fevereiro, em relação a janeiro, devido ao maior comprometimento de renda do consumidor com compras parceladas no Natal, férias e despesas com IPTU, IPVA e escolares.

Veja também

    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Feira Brasileira do Varejo (FBV) é lançada oficialmente em Porto Alegre

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 19/02 A 23/02

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Tendências mundiais que impactam o varejo local

    Veja mais