Sancionada lei que autoriza financiamento para os Portais da Cidade

Prefeito em exercício, João Figueira, sancionou lei para que a prefeitura realize operação de crédito de 100 milhões de dólares junto à Cooperação Andina de Fomento (CAF) para o projeto Portais da…

Prefeito em exercício, João Figueira, sancionou lei para que a prefeitura realize operação de crédito de 100 milhões de dólares junto à Cooperação Andina de Fomento (CAF) para o projeto Portais da Cidade. Ao sancionar a lei, Figueira destacou a importância do projeto para Porto Alegre. “Acredito que esse é um verdadeiro presente para a cidade, pois os portais vão mudar a cara da cidade em termos de mobilidade urbana”, afirmou.

Para o secretário de Gestão e Acompanhamento Estratégico, Clóvis Magalhães, o novo sistema de transporte e mobilidade para Porto Alegre tem condições de começar a ser implantado no primeiro semestre de 2010. A conclusão está prevista para 2013, integrando o conjunto de obras para a Copa de 2014. O custo total é de 210 milhões de dólares, incluindo a participação de investidores privados e contrapartidas da prefeitura. Na primeira quinzena de janeiro chega a Porto Alegre a primeira missão da CAF para avaliar o andamento do projeto.

Projeto Portais – O projeto dos Portais, integrado ao programa estratégico Transforma Porto Alegre, se propõe a implantar um sistema de transferência integrada, mais ágil, mais segura, em que as linhas procedentes dos bairros e da Região Metropolitana chegarão aos terminais no entorno do Centro. O projeto com a CAF prevê a construção de três grandes portais, que contarão com operações comerciais e de serviços, para garantir a sustentabilidade: Cairu (confluência com a av. Farrapos), Princesa Izabel (Azenha), e Zona Sul (proximidades do estádio Beira-Rio). O Centro Popular de Compras – CPC (Camelódromo) e o Terminal Triângulo também estarão integrados à operação.

Nos terminais os usuários farão essa transferência para uma linha exclusiva, utilizando veículos articulados, mais modernos, mais rápidos e menos poluentes, que farão a conexão entre os Portais e os outros pontos de embarque e desembarque, circulando por corredores exclusivos. Os ônibus da linha exclusiva circularão a cada 1min30 nos horários de pique e até 4 minutos nos outros horários. O novo sistema minimizará o impacto das 33 mil viagens/dia de ônibus ao Centro Histórico, como ocorre hoje, sendo que a ocupação dos coletivos até o destino final não chega a 30%. A existência de corredores exclusivos para ônibus em Porto Alegre, desde a década de 70, facilitará a adoção do novo sistema de circulação e transporte, também conhecido como BRT (Bus Rapid Transit), que apresenta as seguintes vantagens:- Ônibus modernos de grande capacidade e baixas emissões;
– Estações fechadas e seguras, com passagem pré-paga;
– Soluções para uma rápida entrada e saída de passageiros;
– Informação aos passageiros e controle de tráfego em tempo real;
– Sinal de trânsito prioritário nos cruzamentos;
– Corredores exclusivos para ônibus;
– Garantia de maior acessibilidade a todos;
– Sistema eficaz de passagem única e livre transferência de passageiros entre as várias linhas de ônibus.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais