Sindicato se posiciona contra o reajuste de 16% do piso regional

Na próxima segunda-feira (23), deverá ser anunciado o reajuste do salário mínimo regional pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJRS). O Sindilojas Porto Alegre está atento as…

Na próxima segunda-feira (23), deverá ser anunciado o reajuste do salário mínimo regional pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJRS). O Sindilojas Porto Alegre está atento as negociações e se posiciona contrário ao índice proposto de 16%. Embora o aumento não impacte no acordo coletivo vigente entre a Entidade e o Sindec, pode agravar a instabilidade financeira da economia gaúcha e gerar cortes de orçamento e investimentos, especialmente, nas empresas de pequeno e médio porte.

Para o presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse, o reajuste deve ser estudado com cautela, especialmente, em um período de retração econômica. “O índice de aumento proposto está fora de contexto e desalinhado com a atual situação que o Estado passa e, logo, Porto Alegre também. No nosso caso, a consequência da decisão acontecerá no dissídio dos comerciários, que ocorre sempre em novembro. E, isso, sem dúvida, afetará todo o comércio que terá que readequar seus orçamentos e suprimir investimentos”, afirma.

Veja também

    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Café com Lojistas apresenta o significado do varejo e dicas do que está em alta ...

    Veja mais
    Noticias

    Reunião de Diretoria Ampla debate temas jurídicos relevantes ao comércio

    Veja mais