Sindilojas Porto Alegre apoia campanha contra a CPMF

O Sindilojas Porto Alegre aderiu ao manifesto “Basta de tanto imposto”, da Fecomércio-RS, contra a volta da cobrança da CPMF. As entidades acreditam que o retorno deste imposto é prejudicial economicamente para os cidadãos e empresários brasileiros, principalmente no momento que há uma crise financeira. A posição contrária foi tomada, pois o Brasil tem umas das maiores tributações, superando os países considerados de primeiro mundo.

O Sindilojas Porto Alegre aderiu ao manifesto “Basta de tanto imposto”, da Fecomércio-RS, contra a volta da cobrança da CPMF. As entidades acreditam que o retorno deste imposto é prejudicial economicamente para os cidadãos e empresários brasileiros, principalmente no momento que há uma crise financeira. A posição contrária foi tomada, pois o Brasil tem umas das maiores tributações, superando os países considerados de primeiro mundo.

Conforme pesquisa revelada pela Fecomércio-RS, com essa arrecadação, mais de R$ 40 bilhões serão destinados aos cofres públicos. Essa movimentação afeta diretamente a economia e o resultado é a diminuição do poder de compra. Com o imposto taxado nas movimentações financeiras de todos os cidadãos, os prejuízos iniciam no produtor, chegando ao consumidor final, em razão da elevação dos preços.

Paulo Kruse, presidente do Sindilojas Porto Alegre, afirma que a campanha é necessária e deve ser apoiada por toda a população. “Não podemos ignorar a situação. Trabalhamos sempre para melhorar as condições dos nossos lojistas e defender os seus direitos. Apoiamos a causa e entendemos que mais um imposto é desrespeito com todos os contribuintes”, justifica.

 

Veja também

    Noticias

    Matrículas para selecionados no Capacita + POA tem o prazo prorrogado

    Veja mais
    Noticias

    Programação de atividades para a obra do quadrilátero central: 24/02 A 01/03

    Veja mais
    NoticiasMarketing

    Em busca do melhor ponto comercial

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Lajeado recebe a FBV Talks para debater o futuro do presente no varejo

    Veja mais