Sindilojas Porto Alegre fica satisfeito liberação da venda de serviços em telefonia móvel

O Procon de Porto Alegre retirou a proibição de venda de habilitações de novas linhas de celular mediante propostas de melhorias apresentadas hoje pelas operadoras Claro e Tim. Ronaldo Sielichow, presidente…

O Procon de Porto Alegre retirou a proibição de venda de habilitações de novas linhas de celular mediante propostas de melhorias apresentadas hoje pelas operadoras Claro e Tim. Ronaldo Sielichow, presidente do Sindilojas Porto Alegre, comemora a medida. “É fundamental assegurar o direito do consumidor a um serviço de qualidade, mas sem prejudicar lojistas. Os estabelecimentos perderam muito em faturamento nestes dias e isto terá um impacto grande no resultado do mês”, observa. Todas as operadoras estavam proibidas de venderem novas habilitações de linha telefônica e serviços de dados desde segunda-feira. “Com a liberação, algumas lojas especializadas que corriam o risco de até mesmo fecharem, já podem voltar a trabalhar para tentar recuperar estes dias”, comenta Sielichow.

Levantamento realizado pelo Sindilojas Porto Alegre com lojistas do segmento indica que o prejuízo é real. A maioria da receita destas lojas vem da ativação de serviços e não poder comercializá-los gerou problemas não somente no faturamento, mas também com funcionários. A incerteza sobre a situação gerou medo de desemprego e desmotivação. “Sentimos que os lojistas ficaram muito preocupados com o clima de desânimo que tomou conta das equipes. Vendedores contam com sua comissão e sabem que se a loja não vende, seu emprego está em risco”, comenta Sielichow. Os altos custos fixos com aluguel e folha de pagamento também são fatores de atenção para os lojistas, que ao final do mês deverão sentir o impacto das vendas não realizadas nestes cinco dias. Outro ponto positivo, segundo Sielichow, é que a liberação inibe o comércio ilegal.

O Sindilojas Porto Alegre reitera sua posição em favor dos lojistas da cidade e deseja que a liberação chegue às lojas das operadoras Oi e Vivo tão logo seja possível. Como representante legal da classe lojista, a Entidade espera que os órgãos competentes continuem trabalhando para melhorar os serviços prestados à população, sem que isso traga prejuízos para a economia de Porto Alegre.

Veja também

    NoticiasMarketing

    NRF 2024 vista por dentro

    Veja mais
    Cursos e eventosNoticias

    Encerrada a etapa das 4 edições do Talks pré 11ª FBV

    Veja mais
    Noticias

    Sindilojas Porto Alegre recebe prêmio da Confederação Nacional do Comércio (CNC)

    Veja mais
    Decretos e regrasNoticias

    Funcionamento do comércio no feriado de Tiradentes: saiba como será

    Veja mais